Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2216
Título: Cogumelos de ocorrência espontânea como produtos florestais em Bonito-PE
Autor: Lima, Felipe Tavares
Endereco Lattes do autor: http://lattes.cnpq.br/0157704339343186
Orientador: Oliveira, Lourinalda Luiza Dantas da Silva Selva de
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/7013867423178814
Co-orientador : Lima, Vitor Xavier de
Endereço Lattes do Co-orientador : http://lattes.cnpq.br/5855288559616188
Palavras-chave: Cogumelos;Ecologia agrícola;Metabólitos
Data do documento: 25-Nov-2019
Citação: LIMA, Felipe Tavares. Cogumelos de ocorrência espontânea como produtos florestais em Bonito-PE. 2019. 41 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Florestal) - Departamento de Engenharia Florestal, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2019.
Abstract: Although essential for maintaining life on earth, little is known about fungi. It is estimated that only 10% of macrofungus species are known. The use of mushrooms by human populations dates back thousands of years and continues to this day in over 80 countries. In Brazil, there is little record of use by traditional populations, except for some Amazonian peoples. Today, the demand for this resource has increased due to its nutritional and medicinal properties. The world mushroom market moves 43 billion dollars a year, however, the country has no relevant production in this sector. This is partly due to the high cost of technology to enable the cultivation of species not adapted to the local climate. The exploitation of spontaneously occurring species would lower production costs and could make the sector accessible to family farmers, who produce much of the food in the country, even with limited land available, benefiting them with numerous socio-economic and environmental benefits from diversification. of production. However, little is known about local strains, requiring nutritional and bioactive metabolite assays. The city of Bonito stands out for its policy of protecting forest remnants and for the presence of a solidarity economy network in family agriculture in agroecological transition. The objective of this work was to verify the spontaneous occurrence and potential for use of food and medicinal mushrooms in areas easily accessible by family farmers from Bonito - Pernambuco. For this, a diagnosis was initially made about the perception and openness for the introduction of mushrooms in the productive chains of both family farmers in agroecological transition as well as traditional ones. Then, species were collected, identified and listed in forest fragments and other areas easily accessible by farmers. In the species found was made mycochemical prospecting and nutritional analysis. Twelve species were listed in total, of which eight are cited as edible and medicinal, two as medicinal only and two as edible only. These have been shown to have the metabolite groups typically associated with bioactivity. Three of the mushrooms had their protein, lipid, carbohydrate and ash content quantified, presenting common levels for mushrooms. This has expanded the little known about edible and medicinal mushrooms in the country and especially in the city of Bonito, and it is hoped that the work can be the germ for further studies and for creating new opportunities for income generation in Bonito. coexistence with the forests from these, not only for the city and the farmers where and with whom the work was done, but for all those who live with this underexplored forest resource.
Resumo: Apesar de serem essenciais na manutenção da vida na terra, pouco ainda se conhece acerca dos fungos, estima-se que apenas 10% das espécies de macrofungos sejam conhecidas. O aproveitamento dos cogumelos por populações humanas data de milhares de anos e perdura até hoje em mais de 80 países. No Brasil, pouco se tem registro de utilização por populações tradicionais, com exceção de alguns povos amazônicos. Hoje, têm-se aumentado a procura desse recurso devido a suas propriedades nutricionais e medicinais. O mercado mundial dos cogumelos movimenta 43 bilhões de dólares ao ano, no entanto, o país não tem produção relevante neste setor. Isso se deve, em parte, ao elevado custo em tecnologia para viabilizar o cultivo de espécies não adaptadas ao clima local. A exploração de espécies de ocorrência espontânea diminuiria os custos de produção e poderia tornar o setor acessível a agricultores familiares, que produzem grande parte do alimento no país, mesmo com limitação de terras disponíveis, os beneficiando com inúmeros benefícios socioeconômicos e ambientais, provenientes da diversificação da produção. No entanto, pouco se sabe a respeito das linhagens locais, sendo necessários ensaios nutricionais e de metabólitos bioativos. A cidade de Bonito se destaca por sua política de proteção aos remanescentes florestais e pela presença de rede de economia solidária em agricultura familiar em transição agroecológica. O objetivo deste trabalho foi de verificar a ocorrência espontânea e potencial para uso de cogumelos alimentícios e medicinais em áreas de fácil acesso por agricultores familiares de Bonito – Pernambuco. Para isso, inicialmente foi realizado um diagnóstico acerca da percepção e abertura para introdução dos cogumelos nas cadeias produtivas tanto dos agricultores familiares em transição agroecológica quanto os tradicionais. Depois foram feitas coletas, identificação e listagem das espécies presentes em fragmentos florestais e demais áreas de fácil acesso pelos agricultores. Nas espécies encontradas foi feita prospecção micoquímica e análise nutricional. Doze espécies foram listadas no total, dessas 8 são citadas como comestíveis e medicinais, duas como apenas medicinais e duas como apenas comestíveis. Ficou demonstrado que essas possuem os grupos de metabólitos associados tipicamente a bioatividade. Três dos cogumelos tiveram seus teores de proteínas, lipídeos, carboidratos e cinzas quantificados, apresentando teores comuns para cogumelos. Com isso ampliou-se o pouco que se conhece a respeito dos cogumelos comestíveis e medicinais no país e especialmente na cidade de Bonito e espera-se que o trabalho possa servir de base e inspiração para novos estudos e para a criação de novas oportunidades para geração de renda em convivência com as florestas a partir destes, não só para a cidade e os agricultores onde e com os que o trabalho foi realizado, mas de todas que convivem com esse recurso florestal tão negligenciado.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2216
Aparece nas coleções:(CDIEF) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_felipetavareslima.pdf1,01 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.