Please use this identifier to cite or link to this item: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/1620
Title: Análise dos tipos de cura e sua influência no ganho de resistência à compressão em um concreto convencional
Authors: Silva, Jéssica Ferreira da
metadata.dc.contributor.advisor: Galvão, Simone Perruci
metadata.dc.contributor.advisorLattes: http://lattes.cnpq.br/1523292800241605
Keywords: Pesquisa em concreto;Cura do concreto;Tipos de cura do concreto;Arduino (Controlador programável)
Issue Date: 8-Jul-2019
Citation: SILVA, Jéssica Ferreira da. Análise dos tipos de cura e sua influência no ganho de resistência à compressão em um concreto convencional. 2019. 22 f. Trabalho de conclusão de curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, 2019.
Abstract: The curing procedure consists of protecting the surface of the concrete from the environment to which it is exposed, avoiding the excessive loss of water from kneading and early formation of cracks. Is essential for the development of concrete strength and for its integrity in the first moments of the hydration. The order to analyze the different curing methods and their influence on the property of characteristic resistance to the compression of a conventional concrete for 30MPa, it work examined three types of cure, among them: thermal cure at 70ºC, wet cure by immersion in water and wet cure by immersion in calcium hydroxide solution. For the thermal curing a device was developed using the Arduino so that the expected conditions were reached. From the analysis obtained in this work it was observed that the thermal and wet curing by immersion in water were more effective at the age of 7 days, compared to the wet curing in saturated lime solution. At 28 days, the cure by immersion in calcium hydroxide solution showed the highest strength gain compared to other types of cure, showing an increase of 1.42 MPa compared to the cure made by immersion in water for 3 days, and 1.97 MPa in relation to thermal cure.
Description: O procedimento de cura consiste em proteger a superfície do concreto do meio ambiente ao qual está exposto, evitando a perda excessiva da água de amassamento e formação precoce de fissuras, sendo essencial para o desenvolvimento da resistência do concreto e para a sua integridade nos primeiros momentos da hidratação. Com o intuito de analisar os diferentes métodos de cura e sua influência na propriedade de resistência característica à compressão de um concreto convencional de 30 MPa, este trabalho comparou a influência de três tipos de cura, entre estas: a cura térmica à 70ºC, cura úmida por imersão na água e cura úmida por imersão em solução de hidróxido de cálcio. Para a cura térmica, foi desenvolvido um dispositivo, utilizando o arduíno, para que as condições previstas da temperatura da água em função do tempo fossem atingidas. Pela análise obtida neste trabalho observou-se que a cura térmica e úmida por imersão em água, foram mais efetivas no desenvolvimento da resistência na idade de 7 dias, em relação a cura úmida em solução saturada de cal. Aos 28 dias, a cura por imersão em solução de hidróxido de cálcio apresentou o maior ganho de resistência em relação aos outros tipos de cura, apresentando um incremento de 1,42 MPa em relação a cura feita por imersão em água por 3 dias e de 1,97 MPa, em relação à cura térmica.
URI: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/1620
Appears in Collections:TCC - Engenharia Civil (UACSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_art_jessicaferreiradasilva.pdf888,23 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.