Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/772
Title: Associação entre índice de massa corporal e sonolência diurna excessiva em estudantes do Ensino Médio
Authors: Lima, Antonio Luis Rosa
metadata.dc.contributor.authorLattes: http://lattes.cnpq.br/7200102963728117
metadata.dc.contributor.advisor: Lima, Anna Myrna Jaguaribe de
metadata.dc.contributor.advisorLattes: http://lattes.cnpq.br/6743434574905339
Keywords: Peso corporal;Sono - aspectos fisiológicos;Distúrbios do sono;Estudantes do ensino médio - pesquisa
Issue Date: 18-Feb-2019
Citation: LIMA, Antonio Luis Rosa. Associação entre índice de massa corporal e sonolência diurna excessiva em estudantes do Ensino Médio. 2019. 47 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Educação Física) - Departamento de Educação Física, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2019.
Abstract: There is a relationship between increasing body mass index (BMI) and decreasing sleep quality in the population, generating several health and social problems such as hypertension, diabetes, sleep apnea, depression, excessive daytime sleepiness, school learning deficit and traffic-accidents. This study aims to determine the relationship between body mass index and the presence of excessive daytime sleepiness in high school students of a state school in Pernambuco. This is a quantitative study, with field research and questionnaire application, with transversal observational character. A total of 196 1st, 2nd and 3rd year high school students, aged between 16 and 40 years, were evaluated, and weight and height data were collected, BMI was calculated. A Questionnaire to assess the presence of excessive daytime sleepiness (Epworth Sleepiness Scale) was applied to the students. The results showed that of the 196 students, 88 (44.9%) were men and 108 (55.1%) were women. The BMI was 22.87 kg / m2 (20.11-26.55 kg / m2). The students' height was 1.65 m (1.60-1.71m). According to our results, there was no correlation between the Epworth sleepiness score and the BMI of the high school students (p <0.738, r = 0.024). There was also no association between excessive daytime sleepiness and the gender of high school students (p <0.137). However, there was an association between excessive daytime sleepiness and the shift studied by high school students (p <0.012). Thus, in the present study, there was no correlation between the Epworth sleepiness score and the BMI of the high school students. We suggest that more studies about sleep and the factors influencing this population of students could be implemented and developed at school, so that education and awareness-raising projects for young people and adolescents related to sleep quality and quality of life, and which may have repercussions on learning.
Description: Existe uma relação entre o aumento do índice de massa corporal e a diminuição da qualidade das horas de sono na população, gerando vários problemas de saúde e sociais como hipertensão, diabetes, apneia do sono, depressão, sonolência diurna excessiva, déficit de aprendizado escolar e acidentes de trânsito. Este estudo teve como objetivo geral determinar a relação entre índice de massa corporal (IMC) e a presença de sonolência diurna excessiva em estudantes do ensino médio de uma escola da rede estadual de Pernambuco. Trata-se de um estudo quantitativo, com pesquisa de campo e aplicação de questionário, de caráter transversal. Foram avaliados 196 estudantes do 1º, 2º, 3º ano do ensino médio, com idade entre 16 e 40 anos, e coletados dados referentes ao peso e altura, calculado o índice de massa corporal (IMC), além de ser aplicado um questionário (Escala de Sonolência de Epworth) para avaliar a presença de sonolência excessiva diurna nesses estudantes. Os resultados apontaram que, dos 196 estudantes, 88 (44,9%) eram homens e 108 (55,1%) mulheres. O IMC foi de 22,87 kg/m2 (20,11-26,55 kg/m2). A altura dos alunos foi de 1,65 m (1,60-1,71m). Não houve correlação entre o escore da escala de sonolência de Epworth e o IMC dos estudantes do ensino médio (p<0,738, r= 0,024). Também não houve associação entre a sonolência diurna excessiva e o sexo dos estudantes do ensino médio (p<0,137). No entanto, houve associação entre a sonolência diurna excessiva e o turno que estudam os alunos do ensino médio (p<0,012). Sugerimos a realização de mais estudos sobre o sono e os fatores que o influenciam nesta população de estudantes, a fim de que projetos de instrução e conscientização dos jovens e adolescentes relacionados à qualidade do sono e qualidade de vida, e que podem repercutir no aprendizado escolar, sejam implantados e desenvolvidos na escola.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/772
Appears in Collections:TCC - Licenciatura em Educação Física (Sede)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_antonioluisrosalima.pdf693,95 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.