Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2453
Título: Parasitoses em abelhas africanizadas no estado de Pernambuco
Autor: Sá, Marileide de Souza
Endereco Lattes do autor: http://lattes.cnpq.br/3415518545368497
Orientador: Lima, Marilene Maria de
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/9135077184593725
Palavras-chave: Abelhas - Criação;Abelhas africanizadas;Abelhas
Data do documento: 2019
Citação: SÁ, Marileide de Souza. Parasitoses em abelhas africanizadas no estado de Pernambuco. 2019. 54 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Zootecnia) – Unidade Acadêmica de Serra Talhada, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Serra Talhada, 2019.
Abstract: The aim of this study was verifying the prevalence,infestation taxa and period of occurrence of parasitoses in Apis mellifera L. 1758 at tree municipalities of Pernambuco, Northeastern, Brazil. The samples were carried out in apiaries of Garanhuns, Manarí and Serra Talhada, from April / 2018 to February / 2019. In Manarí, 20 samples were collected (10 in wooden boxes and 10 in cement boxes, to analyze quantitative interference and occurrence according to the hive material) and 10 boxes were migratory, totaling 50 samples per collect. The bees were conditioned in 150 ml plastic bottles with 50 ml of 96 ° GL alcohol and analyzed at UFRPE / UAST Microscopy II laboratory. After 48 hours the mites were counted and the analysis of the occurrence of Nosema spp. spores. According our results, we identified the presence of the parasites in 100% of all the apiaries visited. The highest occurrence was on winter where we found 1,716 mites, representing 51.84% of the total.. Regarding the presence of Nosema spp. all the apiaries had an occurrence of the parasite, however, the highest occurrence in the apiaries was in the rainfall period, with the Garanhuns, Manari (wood and migratory) colonies being the most infested. In relation to the meteorological factors, in the municipality of Serra Talhada the Varroa destructor mite shows that it undergoes the influence of the three factors analyzed Humidity (%), Temperature (°C) and Precipitation (mm), whereas Nosema spp. is influenced by humidity and precipitation. In the municipality of Manari, Nosema spp. has a greater influence of moisture and precipitation in the fall period, whereas the Varroa destructor when precipitation occurs in autumn. In Garanhuns, the period of greatest precipitation and high humidity in the region occurred in autumn, the period of highest incidence of Nosema spp., While mites, although occurring throughout the collection period, during the period when the highest temperatures occurred in the region were when they occurred higher rates of Varroa destructor. Therefore, it is necessary to monitor the infestation rate, which factors would be associated with the prevalence in the regions, orientation to beekeepers as to how to identify and notify the government that there is a survey of the bee health situation in the municipality and in the state, thinking about the preservation of bee species and biodiversity.
Resumo: O objetivo deste trabalho foi verificar a prevalência, nível de infestação e o período de maior ocorrência das parasitoses em abelhas de Apis mellifera L. 1757 em diferentes municípios no estado de Pernambuco. O experimento foi realizado nos apiários dos municípios de Garanhuns, Manari e Serra Talhada, durante o período de abril/2018 a fevereiro/2019. No município de Manari foram coletadas 20 amostras (10 em caixas madeira e 10 em caixas de cimento, para analisar interferência no quantitativo e ocorrência de acordo com o ambiente que as abelhas se encontravam) e 10 caixas foram migratórias, totalizando 50 amostras por coleta. As abelhas foram acondicionadas em depósito de plástico de 150ml com 50ml de álcool 96° GL, e em seguida encaminhadas para o laboratório de Microscopia II da UFRPE/UAST, após 48 horas foi feita a contagem dos ácaros e análise da ocorrência de esporos de Nosema spp. De acordo com os resultados foram identificados à presença dos parasitos em 100% de todos os apiários visitados. O período do inverno foi onde houve a maior ocorrência com 1.716 ácaros, representando 51,84% do total encontrado. Com relação à presença de Nosema spp. todos os apiários apresentaram ocorrência do parasito, no entanto, a maior ocorrência nos apiários foi no período do outono, sendo as colônias de Garanhuns, Manari (madeira e migratórias) as de maior abundância. Com relação aos fatores meteorológicos, no município de Serra Talhada o ácaro Varroa destructor demostra que sofre a influência dos três fatores analisados Umidade (%), Temperatura (°C) e Precipitação (mm), enquanto que a Nosema spp. sofreu maior influência da umidade e da precipitação. Já no município de Manari a Nosema spp. possuiu uma maior influência da umidade e precipitação no período do outono, enquanto que o Varroa destructor quando ocorrem as precipitações no outono. Em Garanhuns o período de maior precipitação e alta umidade na região ocorreram no outono, período de maior incidência da Nosema spp., enquanto que os ácaros apesar de ocorrerem durante todo o período de coleta, no período que ocorreram maiores temperaturas na região foi quando ocorreram maiores índices do Varroa destructor. Com isso, é necessário o monitoramento da taxa de infestação, quais fatores estariam associados à prevalência nas regiões, orientação aos apicultores da região quanto à forma de identificação e notificação aos órgãos competentes para que se tenha um levantamento da situação da sanidade apícola no município e no estado, pensando na preservação das espécies de abelhas e da biodiversidade.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2453
Aparece nas coleções:(UASTZOO) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_marileidedesouzasa.pdf822,71 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.