Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2114
Título: A acessibilidade nos Mercados Públicos: Pesquisando o Mercado da Encruzilhada, na cidade do Recife
Autor: Vasconcelos, Lais Celeste
Endereco Lattes do autor: http://lattes.cnpq.br/1047580332076525
Orientador: Correa, Maria Iraê de Souza
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/9339401156849765
Palavras-chave: Gastronomia;Regionalismo;Patrimônio cultural;Pessoas com deficiência - Orientação e mobilidade
Data do documento: 2019
Citação: VASCONCELOS, Lais Celeste. A acessibilidade nos Mercados Públicos: Pesquisando o Mercado da Encruzilhada, na cidade do Recife. 2019. 52 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Gastronomia) - Departamento de Tecnologia Rural, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2019.
Resumo: Os mercados públicos no Brasil são representantes da cultura em que estão inseridos. Em Pernambuco, como exemplo desses mercados, que possuem representatividade histórica e social, temos os Mercados São José, Boa Vista, Madalena, Casa Amarela e o Encruzilhada, objeto de estudo deste trabalho.. A população brasileira com deficiência representa, de acordo com o censo do IBGE (2010), cerca de 45 milhões de pessoas, é um número expressivo quando considera-se que equivale a quase 24% da população. E ao buscarem serviços de turismo e lazer, inclusive nos mercados públicos municipais, estas pessoas enfrentam diversos tipos de barreiras de acesso com prejuízos em sua auto estima e qualidade de vida. O objetivo geral deste estágio supervisionado obrigatório foi analisar quais são as barreiras de acessibilidade dos estabelecimentos gastronômicos situados dentro dos mercados públicos do Recife Para obter essa resposta, foi realizada uma revisão sistemática para embasar o referencial teórico e um estudo de campo no Mercado Público da Encruzilhada com gestores de estabelecimentos gastronômicos deste mercado. Como resultados,verificou-se que existem poucas publicações sobre o assunto, evidenciando a necessidade de mais estudos na área pesquisada. Além disso, foram identificadas barreiras de acessibilidade no Mercado da Encruzilhada tais como a falta de adequação das rampas conforme a NBR 9050 e a ausência de cardápio acessível. Além disso, constatou-se. Concluímos que o Mercado da Encruzilhada necessita de investimentos e aplicação das dimensões arquitetônica, comunicacional, atitudinal e programática, para a quebra das barreiras de acessibilidade enfrentadas por parte das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2114
Aparece nas coleções:(CDIBG) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_eso_laiscelestevasconcelos.pdf2,22 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.