Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2052
Título: A evolução do agronegócio brasileiro no período de 2010 a 2018
Autor: Câmara, Rodrigo Dornelas
Endereco Lattes do autor: Não localizado
Orientador: Souto, Keynis Cândido de
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/0393274407907348
Palavras-chave: Agroindústria;Agricultura familiar;Mercado de trabalho
Data do documento: 2019
Citação: CÂMARA, Rodrigo Dornelas. A evolução do agronegócio brasileiro no período de 2010 a 2018. 2019. 46 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Econômicas) - Departamento de Ciências Econômicas, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2019.
Abstract: From 2010 to 2018, there were political, economic and climatic crises that impacted the country's growth and agribusiness. In this context, the main objective of this paper is to analyze the behavior of agribusiness during this period with emphasis on the participation of GDP-Agro in GDP-BR; the participation of the agribusiness trade balancein the Brazilian BC; and the labor market behavior of the sector in relation to Brazil. Secondary data were obtained from public and private agencies, available on their websites and from scientific articles already published and available in libraries. The results show that in 2016, agribusiness accounted for 19.06% of Gross Domestic Product, had 43% of the Trade Balance and its share of the Labor Market was 20.86%. In 2018, agribusiness was responsible for 21.14% of Gross Domestic Product (GDP), with a reduction in the balance of trade, reaching 42.4%, and also a reduction in its participation in the Labor Market for 19.55%. The results allow us to conclude that, despite the crises and climate factors that plagued agribusiness in this period, the sector had an improvement in its share of GDP, and its share of the labor market and trade balance had a slight reduction, but it was not. Big impact. Therefore it can be considered that during the study period, agribusiness remained stable, considering the data analyzed.
Resumo: Durante os anos de 2010a 2018, ocorreram crises políticas,econômicas e fatores climáticos que impactaram o crescimento do país e do agronegócio. Neste contexto, o principal objetivo deste trabalho é analisar o comportamento do agronegócio durante este período com ênfase na participação do PIB-Agro no PIB-BR; na participação da balança comercial (BC) do agronegócio na BC brasileira; e no comportamento do mercado de trabalho do setor em relação ao Brasil. Para realizar a análise foi utilizado dados secundários, obtidos através de órgãos públicos e privados, disponíveis em seus websites e de artigos científicos já publicados e disponíveis em bibliotecas. Os resultados mostram que em 2016, o agronegócio era responsável por 19,06% do Produto Interno Bruto, tinha participação de 43% da Balança Comercial e sua participação no Mercado de Trabalho era de 20,86%. Em 2018 o agronegócio passou a ser responsável por 21,14% do Produto Interno Bruto (PIB), tendo uma redução na participação da Balança Comercial, ficando em 42,4%, e também tendo uma redução em sua participação no Mercado de Trabalho para19,55%. Os resultados permitem concluir que, apesar das crises e fatores climáticos que assolaram o agronegócio neste período, o setor teve uma melhora na sua participação no PIB, e sua participação do mercado de trabalho e da balança comercial tendo uma leve redução, porém não sendo de grande impacto.Portanto pode-se considerar que durante o período de estudo, o agronegócio permaneceu estável, frente aos dados analisados.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2052
Aparece nas coleções:(CDIBCE) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_rodrigodornelascamara.pdf412,51 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.