Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/1011
Título: A abordagem da variação linguística no livro didático: uma análise da coleção português: linguagens, de Cereja e Magalhães (2013)
Autor: Alves, Josefa Edjane Cordeiro
Endereco Lattes do autor: http://lattes.cnpq.br/1122387175534706
Orientador: Guedes, Niege da Rocha
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/9891874919262555
Palavras-chave: Livros didáticos;Análise linguística;Análise do discurso;Ensino
Data do documento: 20-Fev-2018
Citação: CORDEIRO, Josefa Edjane.A abordagem da variação linguística no livro didático: uma análise da coleção português: linguagens,de Cereja e Magalhães (2013).2018.71 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Letras) – Unidade Acadêmica de Garanhuns, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Garanhuns, 2018.
Abstract: This study does a qualitative research of the bibliographical type when analyzing as a collection of textbooks intended to the High School – Português: linguagens, de Cereja e Magalhães (2013) – it approaches the phenomenon of the linguistic variation. During the construction of the theoretical reference of this work, we focus on the variation and the issues involved on it, establishing as references the works of Bagno (2002, 2007, 2009), Castilho (2004), Faraco (2004), Lucchesi (2004) and Rodrigues (2004). As our study object has a direct relation with the teaching-learning process of Portuguese Language, in the second section of this work, we discuss the teaching of Portuguese and the role of the textbooks, having as basis, among others, the studies of Antunes (2003, 2007, 2009), Geraldi (1997), Dionísio (2005), Soares (1998) and Travaglia (1996). Starting from the analysis, it was possible to verify that the collection approaches the linguistic variation in a positive way, because of the evidence as a natural phenomenon, refuting, in various spaces, the veracity of prejudiced information which reinforces and reproduces the linguistic prejudice, though it has applied some reproductive expressions of the prejudiced vision which rules in the society and makes people believe in the existence of better and more beautiful linguistic variations than others.
Resumo: Este trabalho realiza uma pesquisa qualitativa do tipo bibliográfica ao analisar como uma coleção de livros didáticos destinada ao Ensino Médio – Português: linguagens, de Cereja e Magalhães (2013) – aborda o fenômeno da variação linguística. Na construção do referencial teórico deste trabalho, enfocamos a variação e as questões por ela implicadas, estabelecendo como referências os trabalhos de Bagno (2002, 2007, 2009), Castilho (2004), Faraco (2004), Lucchesi (2004) e Rodrigues (2004). Como nosso objeto de estudo tem relação direta com o ensino/aprendizagem de língua portuguesa, na segunda seção deste trabalho, discutimos o ensino de português e o papel do livro didático, tendo como base, dentre outros, os estudos de Antunes (2003, 2007, 2009), Geraldi (1997), Dionísio (2005), Soares (1998) e Travaglia (1996). A partir da análise, foi possível constatar que a coleção aborda a variação linguística de maneira positiva, pois a evidencia como um fenômeno natural, refutando, em vários espaços, a veracidade de informações preconceituosas que reforçam e reproduzem o preconceito linguístico, embora tenha empregado algumas expressões reprodutoras da visão preconceituosa que impera na sociedade e faz com que as pessoas acreditem na existência de variedades linguísticas melhores e mais bonitas que outras.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1011
Aparece nas coleções:(UAGLL) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_josefaedjanecordeiroalves.pdf2,83 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.