Please use this identifier to cite or link to this item: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/893
Title: O que faz a polinização ser “o menor dos mundos”? uma análise a partir de estudos de caso
Authors: Araújo, Karoline Couto
metadata.dc.contributor.authorLattes: http://lattes.cnpq.br/7885361436753765
metadata.dc.contributor.advisor: Bezerra, Elisangela Lucia de Santana
metadata.dc.contributor.advisorLattes: http://lattes.cnpq.br/4360870964749577
Keywords: Polinizadores;Fertilização de plantas;Polinização por insetos;Fertilização de plantas por insetos;Relação inseto-planta
Issue Date: 2018
Citation: ARAÚJO, Karoline Couto. O que faz a polinização ser “o menor dos mundos”? uma análise a partir de estudos de caso. 2018. 25 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Biológicas) - Departamento de Biologia, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2018.
Abstract: Plant-pollinator interaction networks express a typical structure, marked by strong connectivity, degree of dependence and its size. Modularity may also be characterized in this system, especially when it comes to specialized syndromes, involving partners with certain more specific specificities and abilities. Particularly noteworthy are poricidal flowers and vibrating bees, oil flowers and bees collecting floral oils, resin flowers and Euglossini, tubular flowers and their related pollinators, ranging from long-tailed bees or specific hummingbirds to bats and sphingids.In this way, we aim to present a brief analysis to try to portray the biological system that involves the pollinator network in a fragmented Atlantic Forest scenario. Data collection was done through a bibliographic survey based on case studies developed in the PEDI. The works were collected in the database Pergamum and Google Scholar, using theses, dissertations and scientific articles. The keywords used in the search were pollination, reproductive biology and floral biology (pollination, reproductive biology and floral biology).The following information was extracted from the works for the construction of the network: I – name of plant species, II- name of the pollinators identified in the interactions. Then, the binary matrix was applied to Program R for the creation of the network of interaction in graph form. The size of the net found in the PEDI was equal to 60 (49 species of pollinators, being bees, flies and hummingbird and 11 species of plants). The bipartite graph presented heterogeneous connectivity, most interactions were simple, where many species interacted with few partners. From the perspective of pollinators, only Phaethornis ruber made generalist interactions (4). Among the plants, the Byrsonima sericea species presented the most connections (17). The present work concluded that the interaction network presented characteristics that confirm the expected patterns for pollination networks, especially for specialized syndromes.
Description: Redes de interação planta-polinizador expressam uma estrutura típica, marcada pela forte conectância, grau de dependência e seu tamanho. A modularidade pode ser também caracterizada neste sistema, especialmente quando se trata de síndromes especializadas, que envolvam parceiros com certas especificidades e habilidades mais derivadas. Destacam-se flores poricidas e abelhas vibráteis, flores de óleo e abelhas coletoras de óleos florais, flores de resina e Euglossini, flores tubulosas e seus polinizadores correlatos, que vão das abelhas de língua longa ou beija-flores específicos a morcegos e esfingídeos. Desta forma, objetivamos apresentar uma breve análise para tentar retratar o sistema biológico que envolve a rede de polinizadores num cenário fragmentado de Mata Atlântica. A coleta de dados foi realizada através de levantamento bibliográfico a partir de estudos de caso desenvolvidos no PEDI. Os trabalhos foram coletados na base de dados Pergamum e Google Acadêmico, sendo utilizadas teses, dissertações e artigos científicos. As palavras-chave utilizadas na busca foram polinização, biologia reprodutiva e biologia floral (pollination, reproductive biology e floral biology). Foi extraído dos trabalhos as seguintes informações para a confecção da rede: I - nome das espécies de plantas, II - nome dos polinizadores identificados nas interações. Em seguida, a matriz binária foi aplicada ao Programa R para confecção da rede de interação em forma de grafo. O tamanho da rede encontrada no PEDI foi igual a 60 (49 espécies de polinizadores, sendo eles abelhas, moscas e beija-flores e 11 espécies de plantas). O grafo bipartido apresentou conectância heterogênea, grande parte das interações foi simples, onde muitas espécies interagiram com poucos parceiros. Na perspectiva dos polinizadores, apenas Phaethornis ruber fez interações generalistas (4). Entre as plantas, a espécie Byrsonima sericea foi a que apresentou mais conexões (17). O presente trabalho concluiu que a rede de interação apresentou características que confirma os padrões esperados para redes de polinização, especialmente para síndromes especializadas.
URI: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/893
Appears in Collections:TCC - Bacharelado em Ciências Biológicas (Sede)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_karolinecoutoaraujo.pdf822,58 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.