Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/759
Título: Caracterização estrutural e fitoquímica e investigação das Atividades antioxidante, antimicrobiana, citotóxica e imunomoduladora promovidas pelo extrato salino das folhas de Malpighia emarginata DC (acerola)
Autor: Barros, Bárbara Rafaela da Silva
Endereco Lattes do autor: http://lattes.cnpq.br/2724284777127765
Orientador: Melo, Cristiane Moutinho Lagos de
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/5372943772583670
Co-orientador : Leão, Ana Maria dos Anjos Carneiro
Endereço Lattes do Co-orientador : http://lattes.cnpq.br/4802149170985262
Palavras-chave: Aceroleira - Uso terapêutico;Matéria médica vegetal;Fitoquímicos
Data do documento: 11-Jun-2018
Citação: BARROS, Bárbara Rafaela da Silva. Caracterização estrutural e fitoquímica e investigação das Atividades antioxidante, antimicrobiana, citotóxica e imunomoduladora promovidas pelo extrato salino das folhas de Malpighia emarginata DC (acerola). 2018. 87 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciências Biológicas) - Departamento de Biologia, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2018.
Resumo: A utilização de plantas na medicina popular, embora seja uma prática antiga, permanece em constante uso indiscriminado e sem uma investigação sobre possíveis efeitos tóxicos. Neste estudo, foram investigados os principais constituintes estruturais das folhas da planta e foram avaliadas as propriedades biológicas promovidas pelo extrato salino obtido de folhas de Malpighia emarginata DC (aceroleira). As propriedades biológicas avaliadas tiveram como objetivos avaliar o potencial antioxidante, antimicrobiano, citotóxico e imunomodulador do extrato. A caracterização estrutural identificou a umidade, açúcares constituintes e cinzas da planta e a caracterização fitoquímica identificou os compostos químicos como compostos fenólicos presentes no extrato. Para o potencial antioxidante, foram utilizados os métodos DPPH, ATT e FRAP. Os testes antibacterianos, antifúngicos e a análise de potencial antibiofilme foram realizados avaliando os parâmetros MIC50, MIC90, CMB e CMF. Os ensaios de citotoxicidade, proliferação e a análise de liberação de citocinas e óxido nítrico, foram realizadas usando esplenócitos de camundongos BALB/c. Os resultados encontrados apontam para grande presença de glicose (0,4 g/L), lignina (20%) e pectina (21%) no material orgânico, bem como prevalência dos íons Fe (103.10 μg/100g) e Mn (10.33 μg/100g). O extrato apresentou atividade hemaglutinante, sugerindo presença de lectina, apresentou grande quantidade de compostos fenólicos totais (51 mg GAE/g) e exibiu alto poder antioxidante (20 mg AAE/g). O extrato salino de folhas de M. emarginata não apresentou atividade antibacteriana, mas alto perfil antifúngico frente a algumas espécies de Candida. O ensaio de citotoxicidade demonstrou que o extrato promove mais de 90% de viabilidade celular, mesmo na concentração mais alta utilizada de 50 μg/mL e o perfil imunomodulador e anti-inflamatório do extrato pode ser comprovado pela indução de proliferação celular em 24 e 48 horas de cultura, com significante produção de citocinas do tipo Th2 (IL-4, IL-10 e IL-6, sendo esta última pleiotrópica) e redução significativa de óxido nítrico. O extrato salino de folhas de M. emarginata possui potencial biológico para ser empregado em doenças como úlceras, feridas dérmicas, micoses e no auxílio de terapias antienvelhecimento, assim como observado no uso etnofarmacológico.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/759
Aparece nas coleções:(CDILCB) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_barbararafaeladasilvabarros.pdf1,6 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.