Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/667
Título: Influência de meios de cultura e regimes de luz no crescimento micelial, esporulação, dimensão de conídios e peso seco de Fusarium equiseti
Autor: Rodrigues, Viviane J. L. B.
Silveira, Elineide B. da
Fortes Filho, Paulo F.
Maranhão, Eduardo H. de A.
Menezes, Maria
Palavras-chave: Fisiologia vegetal;Algodão - Cultivo;Fungos na agricultura
Data do documento: 2001
Citação: Influência de meios de cultura e regimes de luz no crescimento micelial, esporulação, dimensão de conídios e peso seco de Fusarium equiseti. Cadernos Ômega, Série Agronomia, Recife, n. 12, p. 84-87, 2001.
Abstract: Foi testada a influência de três meios de cultura (BDA, batata-dextrose-ágar; CDA, cenoura-dextrose-ágar; VDA, vagem-dextrose-ágar) e três regimes de luz (CC, claro contínuo; AL, alternância luminosa; EC, escuro contínuo) no crescimento micelial, esporulação, dimensão de conídios e peso seco de um isolado de Fusarium equiseti. O maior crescimento micelial, observado no quinto dia de incubação, foi obtido no meio VDA em claro contínuo e alternância luminosa, enquanto que a maior esporulação foi verificada no meio VDA sob alternância luminosa. Em ambos os parâmetros foi observada diferença significativa nas condições de luminosidade. As dimensões dos conídios não foram afetadas pelos meios de cultura e regimes de luminosidade. O maior peso seco foi obtido no meio VD sob regime de alternância luminosa. As condições que proporcionaram maior crescimento micelial também induziram ao maior peso seco.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/667
Aparece nas coleções:n. 12, 2001 (Série Agronomia)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
OME_n12_2001_22.pdf264,51 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.