Please use this identifier to cite or link to this item: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/5468
Title: Dinâmica da cobertura da terra (2016-2023): um estudo no Parque Natural Municipal Mata do Frio e seu entorno, Paulista - PE
Authors: Lima, Richely da Silva
metadata.dc.contributor.authorLattes: http://lattes.cnpq.br/5078677187654553
metadata.dc.contributor.advisor: Lima Neto, Everaldo Marques de
metadata.dc.contributor.advisorLattes: http://lattes.cnpq.br/6791561445213969
metadata.dc.contributor.advisor-co: Silva, Emanuel Araújo
metadata.dc.contributor.advisor-coLattes: http://lattes.cnpq.br/2765651276275384
Keywords: Áreas de conservação de recursos naturais;Sensoriamento remoto;Uso da terra;Cobertura vegetal;Paulista (PE)
Issue Date: 18-Sep-2023
Citation: LIMA, Richely da Silva. Dinâmica da cobertura da terra (2016-2023): um estudo no Parque Natural Municipal Mata do Frio e seu entorno, Paulista - PE. 2023. 49 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Florestal) - Departamento de Ciência Florestal, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2023.
Abstract: The Conservation Units (UC) in Brazil are used as tools for increasing environmental preservation and ecosystem protection. However, without proper monitoring and management, they become targets for degradation and environmental crimes, particularly those units located in urban areas, which are subject to anthropogenic pressure. Taking into consideration the reported cases of deforestation within the Municipal Natural Park Mate do Frio in Paulista - PE, this study aimed to analyze the land use and land cover of this conservation unit using remote sensing techniques, specifically the Normalized Difference Vegetation Index (NDVI), to assess changes over a 7-year interval based on satellite images from the Planet Satellite. To achieve this, study area cutouts from the years 2016 and 2023 were utilized, and a 1 km buffer was generated to assess the influence area. The NDVI calculation was applied to the cutout images. and the classes were reclassified based on their values into water, exposed soil, anthropized areas, low vegetation. and dense vegetation. Additionally, images from the studied years were correlated to identify changes in land cover. The study revealed an increase in dense vegetation within the UC, rising from 26.72% to 65.81%, along with a reduction in anthropized areas from 3.33% to 1.89% of the total area. Conversion of anthropogenic areas into low and dense vegetation was observed, accounting for 4.74% and 0.28%, respectively. Despite these positive findings, deforestation of 1.17 ha (5.70% of vegetation area) was noted. Concerning the surrounding area, there was an increase in anthropized areas from 33.17% to 47.12% due to urban expansion, with part of this anthropized area resulting from the deforestation of 67.41 ha of low vegetation. To validate the accuracy of the obtained data, the kappa index was used, showing values above 80% (very good) for the 2016 images and above 90% (excellent) for the 2023 images. The study results indicated that the environmental degradations in the specific UC were not significant but were noticeable, highlighting the need for increased monitoring, environmental education practices with the community, implementation of the unit's management plan, and the delineation of its buffer zone, given the anthropogenic pressure in the surrounding area of the Park.
Description: As Unidades de Conservação (UC) no Brasil são utilizadas como ferramentas para o aumento da preservação ambiental e dos ecossistemas. Porém, sem a devida fiscalização e gestão essas se tornam alvos de degradação e crimes ambientais, em destaque aquelas unidades presentes no meio urbano, que acabam por sofrer pressão antrópica. Levando em consideração as denúncias realizadas de desmatamentos ocorridos dentro do Parque Natural Municipal Mata do Frio em Paulista – PE, este estudo teve como objetivo analisar o uso e cobertura da terra dessa unidade de conservação por meio de técnicas de sensoriamento remoto, utilizando-se o Índice de Vegetação Normalizada (NDVI) para avaliar a área em um intervalo de 7 anos a partir de imagens oriundas do Satélite Planet. Para isso, foram utilizados recortes da área de estudo dos anos de 2016 e 2023, assim como foi gerado um buffer de 1 km para avaliar a área de influência. Com as imagens recortadas foi aplicado o cálculo do NDVI, e as classes foram reclassificadas de acordo com os seus valores em água, solo exposto, área antropizada, vegetação rasteira e vegetação densa. Além disso, as imagens dos anos estudados foram correlacionadas para verificar as mudanças de cobertura da terra. A partir deste estudo, verificou-se um aumento da vegetação densa na UC, saindo de 26,72% para 65,81%, além de uma redução nas áreas antropizadas de 3,33% para 1,89% da área total. Observou-se a conversão de áreas de ocupação antrópica em vegetação rasteira e vegetação densa, sendo 4,74% e 0,28%, respectivamente. Apesar destes dados positivos, observou-se o desmatamento de 1,17 ha (5,70% da área de vegetação). Em relação a área do entorno, verificou-se um aumento na área antropizada de 33,17% para 47,12% devido a expansão urbana, sendo parte dessa área antropizada reflexo de desmatamento de 67,41 ha de vegetação rasteira. Para validação da acurácia dos dados obtidos, foi utilizado o índice kappa, que apresentou valores acima de 80% (muito boa) para as imagens de 2016, e acima de 90% (excelente) para as imagens de 2023. Os resultados do estudo permitiram verificar que as degradações ambientais ocorridas na UC em questão não foram expressivas, mas puderam ser observadas, implicando na necessidade do aumento das fiscalizações e práticas de educação ambiental com a comunidade, além da realização do plano de manejo da unidade e a delimitação da sua zona de amortecimento, visto que há pressão antrópica na área circundante do Parque.
URI: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/5468
Appears in Collections:TCC - Engenharia Florestal (Sede)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_richelydasilvalima.pdf968,77 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons