Please use this identifier to cite or link to this item: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/4752
Title: Análise comparativa entre plantios, erradicações e quedas de árvores urbanas em Recife - PE.
Authors: Coêlho, Claudio Brito
metadata.dc.contributor.authorLattes: http://lattes.cnpq.br/3337910994559137
metadata.dc.contributor.advisor: Lima Neto, Everaldo Marques de
metadata.dc.contributor.advisorLattes: http://lattes.cnpq.br/6791561445213969
Keywords: Arborização das cidades;Vegetação urbana - Manejo
Issue Date: 27-May-2022
Citation: COÊLHO, Claudio Brito. Analise comparativa entre plantios, erradicações e quedas de árvores urbanas em Recife - PE. 2022. 62 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Florestal) - Departamento de Ciência Florestal, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2022.
Description: Ao longo dos anos, a cidade do Recife sofre continuamente com a redução da floresta urbana. A prefeitura realiza ações de plantio e manutenção recorrentes, através da Secretaria de Meio Ambiente da Cidade do Recife e da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb). Diante disso, esta pesquisa tem como objetivo avaliar a diferença entre os números de plantios, erradicações e quedas de árvores urbanas no Recife, entre os anos de 2016 e 2020, assim como analisar a situação corrente dos plantios realizados pela autarquia. As variáveis trabalhadas estão relacionadas à posição da árvore, tanto quanto a seu endereço, quanto em relação ao entorno, características dendrométricas, fitossanidade e sinais de intervenção antrópica em seu desenvolvimento. Constatou-se um déficit de 600 árvores de rua/ano, num total de 3.568 ocorrências, atendidas para quedas e erradicações. A sobrevivência dos plantios deveria superar o percentual de 50%, no entanto, entre as sobreviventes, mais de 60% apresentaram sinais de declínio. Os plantios foram realizados com baixa variedade de espécies, sendo mais observados os ipês, os mororós e as saboneteiras. Podas mal executadas e vandalismo foram as principais causas de perda da qualidade fitossanitária. Foram detectados diversos tipos de conflitos entre as árvores de rua e o mobiliário urbano, além de várias não conformidades em relação aos padrões indicados no Manual de Arborização. Foram indicadas ações em três áreas: 1 – atividades de educação ambiental, visando aproximar a população da arborização urbana, a fim de reduzir os atos de vandalismo e a necessidade de manejo futuro; 2 – aumento da diversidade de espécies a serem utilizadas na arborização de ruas, especialmente as de pequeno porte, para reduzir os conflitos com o mobiliário urbano; 3 – reconsideração dos parâmetros indicados no Manual de Arborização, para auxiliar a melhor escolha das espécies utilizadas.
URI: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/4752
Appears in Collections:TCC - Engenharia Florestal (Sede)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_claudiobritocoelho.pdf2,35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.