Please use this identifier to cite or link to this item: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/4720
Title: Influência da adição da cal hidratada e pigmento em microconcretos coloridos
Authors: Floro, Jose Wellyngton Nunes
metadata.dc.contributor.authorLattes: http://lattes.cnpq.br/1523292800241605
metadata.dc.contributor.advisor: Galvão, Simone Perruci
metadata.dc.contributor.advisorLattes: http://lattes.cnpq.br/7867060015915634
Keywords: Microconcreto colorido;Pigmentos;Cal hidratada;Resistência à compressão;Trabalhabilidade
Issue Date: 26-Apr-2023
Citation: FLORO, José Wellyngton Nunes. Influência da adição da cal hidratada e pigmento em microconcretos coloridos. 2023. 14 f. Trabalho de Conclusão de Curo (Bacharelado em Engenharia Civil) - Unidade Acadêmica do Cabo de Santo Agostinho, Universidade Federal Rural de Pernambuco. 2023.
Abstract: The innovation in the construction industry regarding concrete performance and its architectural influence is noteble. Hence the importance of scientific studies based on new compositions. In this study, high-strength colored microconcretes were produced using two types of Portland cement, incorporating hydrated lime (CH I) into the mixture. A reference mix without pigment and without lime (dosed with Type V Portland cement - CP V and white structural Portland cement - CP B) was adopted, as well as other mixes, one for each type of cement, with pigment added and others with pigment and lime added. For the mixes dosed with pigment and lime, a pigment content of 5% and a lime content of 15%, both in relation to the cement mass, were added. The influence of both pigment and lime on compressive strength and coloration was verified at 28 days of age. The microconcrete consistency was analyzed through the flow table test (NBR 13276, 2002). The analysis showed that the microconcrete produced with CP B had more intense colors. Regarding axial compressive strength, the best performance was observed in pigmented concretes, with the best result obtained for the concrete with CP B cement and pigment, showing an increase of 31,67% compared to the standard microconcrete. Regarding consistency, a greater slump was observed in the concretes produced without lime in the mix.
Description: É notória a inovação da indústria da construção civil em relação ao desempenho do concreto e sua influência arquitetônica, daí a importância de estudos científicos com base em novas composições. Neste trabalho foram produzidos microconcretos coloridos e de alta resistência utilizando-se 2 tipos de cimento Portland e, incorporando à mistura, cal hidratada (CH I). Foram adotados um traço de referência sem pigmento e sem a cal (dosados com cimento Portland tipo V – CP V e cimento Portland branco estrutural – CP B), e outros traços, um para cada tipo de cimento, sendo adicionado o pigmento e outros com a adição de pigmento e da cal. Para os traços dosados com o pigmento e com a cal, foram adicionados um teor de pigmento de 5% e um teor de cal de 15%, ambos, em relação à massa do cimento. A influência tanto do pigmento quanto da cal na resistência à compressão e na coloração foi verificada aos 28 dias de idade. A consistência do microconcreto foi analisada através do ensaio do flow table (NBR 13276, 2002). Pelas análises, constatou-se que o microconcreto produzido com CP B apresentou cores mais intensas. Com relação à resistência à compressão axial, observou-se que o melhor desempenho foi obtido nos concretos com pigmento, sendo o melhor resultado obtido para o concreto com o cimento CP B e pigmento, com um incremento de 31,67%, em relação ao microconcreto padrão. Com relação à consistência foi observado um maior espalhamento nos concretos produzidos sem a cal no traço.
URI: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/4720
Appears in Collections:TCC - Engenharia Civil (UACSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_artjosewellyngtonnunesfloro.pdf593,02 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.