Please use this identifier to cite or link to this item: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/4484
Title: Infiltração e redistribuição da água em solos irrigados por gotejamento: caracterização do avanço da frente de molhamento
Authors: Amaral, Erison Martins
metadata.dc.contributor.authorLattes: http://lattes.cnpq.br/0203403737626492
metadata.dc.contributor.advisor: Souza, Eduardo Soares de
metadata.dc.contributor.advisorLattes: http://lattes.cnpq.br/8125009165007422
Keywords: Irrigação;Solos irrigados;Irrigação por gotejamento
Issue Date: 26-Jul-2019
Citation: AMARAL, Erison Martins. Infiltração e redistribuição da água em solos irrigados por gotejamento: caracterização do avanço da frente de molhamento. 2019. 46 f.Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Agronomia) – Unidade Acadêmica de Serra Talhada, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Serra Talhada, 2019.
Abstract: Water efficiency makes dripping the most expansive irrigation system in modern world agriculture. One of the observable characteristics in drip irrigated soil is the wetness front. The use of mathematical models to estimate the dimensions of this front is important for the design of drip systems, using the saturated hydraulic conductivity (KS) of the soil as a parameter of adjustment and calibration. The Beerkan semiphysical method determines the hydrodynamic properties of the soil, among them, KS. Thus, this work aimed to investigate the relationship between the advance of the soil wetness front in a drip irrigation system and with a semi-physical method. The experiment was carried out at UFRPE/UAST, irrigating two soils (FAr and FAAr), through three driping irrigation systems, with three different flow rates (2.8, 4.4 and 8.3 L h-1) for ten intervals of time (5, 10, 15, 20, 30, 40, 50, 70, 90, 110 min.). The measured dimensions were diameter (d) and depth (p), given in centimeters (cm). Soils FAr and FAAr obtained similar values for the observed dimensions (d and p). The best time irrigation responses for the Soil FAr were found for the 8.3 L h-1 flow for 30 min of irrigation for (d), and 8.3 L h-1 for 50 min for (p). In the FAAR soil, the best responses were flow 8.3 L h-1 for 50 min and flow 8.3 L h-1 for 70 min for (d) and (p), respectively. It was possible to estimate the geometrical dimensions of the wetness front, diameter and depth from the Ks obtained from the Beerkan methodology. The estimated dimensions from Ks obtained a positive correlation with the observed dimensions, with R2 > 0.90 for all correlations. The adjusted equations can be used to estimate the area and volume of wet soils for all flows at any time interval.
Description: A eficiência da aplicação da água torna o gotejamento como o sistema de irrigação de maior caráter expansivo da agricultura mundial moderna. Umas das características observáveis em um solo irrigado por gotejo é a frente de molhamento. A utilização de modelos matemáticos para estimar as dimensões dessa frente é importante para o projeto de sistemas de gotejamento, utilizando a condutividade hidráulica saturada (KS) do solo como parâmetro de ajuste e calibração. O método semifísico Beerkan determina as propriedades hidrodinâmicas do solo, dentre elas, KS. Assim, o objetivo do trabalho foi investigar a relação entre o avanço da frente de molhamento do solo em um sistema de irrigação por gotejamento e com um método semifísico. O experimento foi realizado na UFRPE/UAST, irrigando dois solos (FAr e FAAr), através de três sistemas de irrigação por gotejamento, com três vazões diferentes (2,8, 4,4 e 8,3 L h-1), analisadas durante dez intervalos de tempo (5, 10, 15, 20, 30, 40, 50, 70, 90, 110 mim). As dimensões aferidas foram o diâmetro (d) e a profundidade (p), dadas em centímetros (cm). Os Solos FAr e FAAr obtiveram valores próximos, para as dimensões observadas d e p. As melhores respostas a irrigação no tempo, para o Solo FAr foram encontradas para a vazão 8,3 L h-1, por 30 min. de irrigação para (d) e 8,3 L h-1, por 50 min. para (p). No Solo FAAr, as melhores respostas foram vazão 8,3 L h-1, por 50 min e vazão 8,3 L h-1, por 70 min, para (d) e (p), respectivamente. Foi possível estimar as dimensões geométricas da frente de molhamento, diâmetro e profundidade, a partir da Ks obtida a partir da metodologia Beerkan. As dimensões estimadas a partir de Ks obtiveram uma correlação positiva com as dimensões observadas, com R2 > 0,90 para todas as correlações. As equações ajustadas podem ser utilizadas para estimar a área e volume de solos molhados para todas as vazões em qualquer intervalo de tempo.
URI: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/4484
Appears in Collections:TCC - Bacharelado em Agronomia (UAST)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_erisonmartinsamaral.pdf6,62 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.