Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2515
Título: A superação do flogístico: uma aventura de RPG
Autor: Silva, Alexsandro Alberto da
Endereco Lattes do autor: http://lattes.cnpq.br/2011377431714562
Orientador: Almeida, Maria Ângela Vasconcelos de
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/7841487134333019
Co-orientador : Amaral, Ricardo Ribeiro do
Endereço Lattes do Co-orientador : http://lattes.cnpq.br/7704136680001681
Palavras-chave: Jogos educativos;Epistemologia;Química - História;Jogos de fantasia
Data do documento: 30-Abr-2013
Citação: SILVA, Alexsandro Alberto da. A superação do flogístico: uma aventura de RPG. 2013. 87 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Química) - Departamento de Educação, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2013.
Abstract: This study aims to analyze the use of a didactic game, the Role Playing Game (RPG), the teaching of the history of chemistry, Kuhn and philosophical perspective of science in the eighteenth century, in an attempt to improve the teaching-learning students, and parallel interaction promotes student-student and teacher-student classrooms Chemistry. Educational games are used as motivators and facilitators of the teaching and learning of scientific concepts. We emphasize that the purpose of this feature is not restricted to the memorization of the subject by the student, but search lead him to thinking, reflection and hence (re) construction of knowledge. The RPG adventure is experienced in live action form, titled "Overcoming the Phlogiston Theory: the caloric disguised" and is based on two philosophies that guide the construction of eighteenth-century science, empiricism and rationalism, and that epistemological century, with a priori reasoning (deduction) or rational and posteriori (induction) or experimental, and the twentieth century, in a Kuhnian view of science, conceiving that moment as a milestone in the history of chemistry of the eighteenth century and, therefore, there was a chemical revolution with its large representative Antonie Laivoisier, discoverer of oxygen, according to this epistemological perspective, the fact that still today is debated who was its discoverer, if Scheele, Priestley and Lavoisier, due to the crisis caused the current paradigm, the phlogiston theory. For the application of the game was chosen a class of sixth period of Degree in Chemistry, Federal Rural University of Pernambuco, which were divided into two groups, a defender of the phlogiston and other caloric, used the game and answered questionnaires probing. The results showed that the game contributed to a better understanding by the students of the historical significant that permeated the discovery of oxygen for chemical science, exploring students' conceptions in this context, and some students have achieved the learning objectives expected.
Resumo: O presente trabalho tem como objetivo analisar o uso de um jogo didático, o Role Playing Game (RPG), no ensino da História da Química, numa perspectiva kuhniana e filosófica da ciência no século XVIII, na tentativa de melhorar o processo de ensino-aprendizagem dos alunos, e que paralelamente promova a interação aluno-aluno e professor-aluno em salas de aula de Química. Os jogos didáticos são usados como elementos motivadores e facilitadores do processo de ensino e aprendizagem de conceitos científicos. Ressaltamos que o objetivo desse recurso não se restringe à memorização do assunto pelo aluno, mas sim busca conduzi-lo ao raciocínio, à reflexão e consequentemente à (re) construção do seu conhecimento. A aventura de RPG vivenciada é na modalidade live action, intitulada “A Superação da Teoria do Flogístico: o calórico disfarçado” e é baseado em duas correntes filosóficas que norteiam a construção da ciência do século XVIII, o empirismo e o racionalismo, e epistemológico desse século, com o raciocínio a priori (dedução) ou racional e a posteriori (indução) ou experimental, e do século XX, em uma perspectiva kuhniana da ciência, concebendo esse momento como um marco na História da Química do século XVIII e, por isso, ocorreu uma revolução química com seu grande representante Antonie Laivoisier, descobridor do oxigênio, segundo essa perspectiva epistemológica, fato que ainda nos dias de hoje se debate quem foi seu descobridor, se Scheele, Priestley ou Lavoisier, devido à crise provocada no paradigma vigente, à teoria do flogístico. Para a aplicação do jogo foi escolhida uma turma do sexto período do Curso de Licenciatura em Química da Universidade Federal Rural de Pernambuco que, divididos em dois grupos, um defensor do flogístico e outro do calórico, usaram o jogo e responderam a questionários de sondagem. Os resultados mostraram que o jogo contribuiu para um melhor entendimento por parte dos alunos do momento histórico significativo que permeou a descoberta do oxigênio para a ciência química, explorando as concepções dos alunos nesse contexto; e alguns alunos alcançaram os objetivos de aprendizagem esperados.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2515
Aparece nas coleções:(CDILQ) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC_alexsandroalbertodasilva.pdf923,34 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.