Please use this identifier to cite or link to this item: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/2500
Title: Atividade insetistática de pós de origem vegetal sobre Sitophilus zeamais Motschulsky (1855) em milho armazenado
Authors: Magalhães, Aline Pereira de
metadata.dc.contributor.authorLattes: http://lattes.cnpq.br/7331352853811552
metadata.dc.contributor.advisor: Oliveira, Carlos Romero Ferreira de
metadata.dc.contributor.advisorLattes: http://lattes.cnpq.br/2515051171734004
Keywords: Inseticidas vegetais;Milho - Doenças e pragas;Pragas agrícolas - Controle
Issue Date: 2020
Citation: MAGALHÃES, Aline Pereira de. Atividade insetistática de pós de origem vegetal sobre Sitophilus zeamais Motschulsky (1855) em milho armazenado. 2020. 54 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Biológicas) – Unidade Acadêmica de Serra Talhada, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Serra Talhada, 2020.
Abstract: Corn is one of the main agricultural crops in Brazil, as it is used to several by-products, fact that contributes to its comercial value and the economic movement in the country. It is an energetic aliment which has high nutricional value and is easy accessible, been part of human and animal diet. However, there are considerable damages due the attack of pest insects, mainly caused by Sitophilus zeamais Motschulsky, 1855 (Coleoptera: Curculionidae), which has great agricultural importance, for attacking in the field and in the warehouses, in addition to destroying the healthy grain, taking the chance to ovoposit, being considered, therefore, internal primary pest. This pest control is carried out with synthetic insecticides, however, its use is harmful to the environment, besides human and animal heath. The use of vegetable origin powders has been shown to be effective against stored grain pests, moreover, it is easy to obtain and use, also being within the range of the small farmer. The aim of this paper was to evaluate the toxicity and repellency of five powders of vegetable species on S. zeamais. Leaves of Croton pulegiodorus (Velaminho), Momordica charantia (Melão-de-São-Caetano), Azadirachta indica (Nim), Prosopis juliflora (Algaroba) e Ziziphus joazeiro (Juazeiro) were dried and ground, separately, to obtain a refined powder, subsequently applied to samples of corn kernels, in different powder amounts (0g, 1g, 2g, 3g, 4g, 5g), contained in Petri dishes (mortality assessment) and in interconnected flasks (repellency assessment). Each treatment was infested with 10 non-sexed adult insects, using six replications in a completely randomized design, at room temperature. All experiments were evaluated after a period of 72 hours. Only C. pulegiodorus caused high insect mortality (76.67% to 100%), being extremely low when in contact with other plants (0% in Z. joazeiro to 26.67% in A. indica). In addition, the mortality caused by A. indica was higher than that of the control only in the 3g amount of powder, while the other species (P. juliflora, Z. joazeiro and M. charantia) did not differ from the control and neither among themselves. It was observed that only C. pulegiodorus had a repellent action, as the other plants were considered neutral. These results demonstrate that the dry extract (powder) of velaminho (C. pulegiodorus) is a promising alternative for the management of S. zeamais in stored corn as it has biological activity on this coleopteran.
Description: O milho é uma das principais culturas agrícolas do Brasil, pois é utilizado na forma de vários subprodutos, fato que contribui para seu valor comercial e movimentação econômica no país. É um alimento energético, que apresenta alto valor nutricional e de fácil acessibilidade, fazendo parte da dieta humana e animal. Porém, há perdas consideráveis pelo ataque de insetos-praga, principalmente ocasionadas por Sitophilus zeamais Motschulsky, 1855 (Coleoptera: Curculionidae), que apresenta grande importância agrícola, por atacar no campo e no armazém, além de destruir o grão sadio, aproveitando-se do seu interior para ovipositar, sendo considerada, portanto, praga primária interna. O controle desta praga é realizado com inseticidas sintéticos, porém, seu uso é danoso ao meio ambiente e a saúde humana e animal. O uso de pós de origem vegetal tem se mostrado efetivo contra pragas de grãos armazenados, além de serem de fácil obtenção e utilização, estando ao alcance do pequeno agricultor. O objetivo deste trabalho foi avaliar a toxicidade e a repelência de cinco pós de espécies vegetais sobre S. zeamais. Folhas de Croton pulegiodorus (Velaminho), Momordica charantia (Melão-deSão-Caetano), Azadirachta indica (Nim), Prosopis juliflora (Algaroba) e Ziziphus joazeiro (Juazeiro), foram secas e moídas, separadamente, para se obter um pó fino e, posteriormente, aplicado sobre amostras de grãos de milho, em diferentes quantidades de pó (0g, 1g, 2g, 3g, 4g, 5g), contidos em placas de Petri (avaliação da mortalidade) e em frascos interligados (avaliação da repelência). Cada tratamento foi infestado com 10 insetos adultos não-sexados, sendo utilizadas seis repetições no delineamento inteiramente casualizado, em temperatura ambiente. Todos os experimentos foram avaliados após um período de 72 horas. Apenas C. pulegiodorus causou alta mortalidade dos insetos (76,67% a 100%), sendo extremamente baixa quando em contato com as outras plantas (0% em Z. joazeiro a 26,67% em A. indica). Além disso, a mortalidade provocada por A. indica foi maior que a da testemunha apenas na quantidade de 3g de pó, enquanto que as demais espécies (P. juliflora, Z. joazeiro e M. charantia) não diferiram da testemunha e nem entre si. Observou-se que apenas C. pulegiodorus apresentou ação repelente, sendo as outras plantas consideradas neutras. Esses resultados demonstram que o extrato seco (pó) de velaminho (C. pulegiodorus) é uma alternativa promissora para o manejo de S. zeamais em milho armazenado pois apresenta atividade biológica sobre este coleóptero.
URI: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/2500
Appears in Collections:TCC - Bacharelado em Ciências Biológicas (UAST)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_alinepereirademagalhaes.pdf1,24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.