Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2480
Título: Produção de amarílis em diferentes recipientes e sombreamento nas condições do Semiárido Pernambucano
Autor: Santos, Bruna Kaline de Lima
Endereco Lattes do autor: http://lattes.cnpq.br/8892618369396659
Orientador: Silva, Luzia Ferreira da
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/632044953717154
Palavras-chave: Hipeastro;Flores - Cultivo;Flores
Data do documento: 2019
Citação: SANTOS, Bruna Kaline de Lima. Produção de amarílis em diferentes recipientes e sombreamento nas condições do Semiárido Pernambucano. 2019. 44 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Agronomia) – Unidade Acadêmica de Serra Talhada, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Serra Talhada, 2019.
Abstract: Amaryllis is a bulbous plant commonly sold in pots. Among the flowering plants it has evidence for its umbellated inflorescences consisting of two to twelve flowers positioned on a smooth and hollow green scape with large flowers. However, amaryllis is not cultivated commercially in the Northeast and studies are lacking to guide production, especially for small producers. Thus, the objective of this study was to evaluate the viability of commercial cultivation of amaryllis under Pernambuco semiarid conditions. The experiment was conducted at the Serra Talhada-UAST Academic Unit of the Federal Rural University of Pernambuco-UFRPE between June and August 2019. It consisted of a 4X2 bifactor, in which 4 levels of shading (0, 30, 50 and 70 were tested). %) and two types of recipient(1.10 and 3.6 liters). The vegetative parameters analyzed were: leaf length (cm), number of leaves, number of floral leaves, diameter of the floral leaves (cm), length of the floral leaves (cm) and the reproductive parameters were: days for flower opening, number of leaves. flowers, flower crosssectional diameter (cm) and flower longevity. Data were submitted to the mean and regression test in the R statistical program. The best development of leaf length was in the 70% shading mesh and in the 3,6 liter recipient. The length of the floral scape obtained better results in the 70% shading mesh and there was no difference between the recipient volumes. There was greater uniformity in the number of days in the 70% shading mesh, with floral opening within 32 days. For the diameter of the floral scape, the flower cross-sectional diameter, the number of flowers and the number of leaves there was no statistical difference between the analyzed factors. Therefore, the commercial cultivation of amaryllis bulbs of the Minerva variety is viable in Pernambuco semiarid conditions from June to August in 70% shading mesh and in the types of recipient.
Resumo: O amarílis é uma planta bulbosa e comumente comercializada em vaso, dentre as plantas floríferas tem evidência por suas inflorescências umbeladas constituída de duas a doze flores posicionadas sobre um escapo verde liso e oco, com flores grandes. No entanto, o amarílis não é cultivado comercialmente no Nordeste e faltam estudos para orientar a produção, principalmente para pequenos produtores. Desta forma, objetivouse avaliar a viabilidade do cultivo comercial de amarílis em condições do semiárido pernambucano. O experimento foi conduzido na Unidade Acadêmica de Serra Talhada UAST da Universidade Federal Rural de Pernambuco-UFRPE entre Junho e Agosto de 2019. Ele consistiu em um bifatorial 4X2, no qual foram testados 4 níveis de sombreamento ( 0, 30, 50 e 70%) e dois volumes de recipientes ( 1,10 e 3,6 litros ). Os parâmetros vegetativos analisados foram: comprimento foliar (cm) e número de folhas, e os parâmetros reprodutivos foram: número de escapos florais, diâmetro do escapo floral (cm), comprimento do escapo floral (cm) dias para abertura da flor, número de flores, diâmetro transversal da flor (cm) e longevidade das flores. Os dados foram submetidos ao teste de média e regressão no programa estatístico R. O melhor desenvolvimento do comprimento foliar foi na malha de sombreamento de 70% e no recipiente de 3,6 litros. O comprimento do escapo floral obteve melhor resultado na malha de sombreamento de 70% e não houve diferença entre os volumes de recipientes. Houve maior uniformidade no número de dias na malha de sombreamento de 70%, com abertura floral em até 32 dias. Para o diâmetro do escapo floral, o diâmetro transversal da flor, o número de flores e o número de folhas não houve diferença estatística entre os fatores analisados. Portanto, o cultivo comercial de bulbos de amarílis, da variedade Minerva, é viável nas condições do semiárido pernambucano no período de junho a agosto em malha de sombreamento de 70% e nos tipos de recipientes.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2480
Aparece nas coleções:(UASTA) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_brunakalinedelimasantos.pdf1,86 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.