Please use this identifier to cite or link to this item: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/2479
Title: Uso do sensoriamento remoto para o monitoramento hídrico da Barragem de Serrinha II no Semiárido Pernambucano
Authors: Carvalho, Wilson dos Anjos
metadata.dc.contributor.authorLattes: http://lattes.cnpq.br/4645802692572927
metadata.dc.contributor.advisor: Bezerra, Alan Cézar
metadata.dc.contributor.advisorLattes: http://lattes.cnpq.br/3690303625468223
Keywords: Sensoriamento remoto;Recursos hídricos;Geoprocessamento
Issue Date: 2019
Citation: CARVALHO, Wilson dos Anjos. Uso do sensoriamento remoto para o monitoramento hídrico da Barragem de Serrinha II no Semiárido Pernambucano. 2019. 26 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia de Pesca) – Unidade Acadêmica de Serra Talhada, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Serra Talhada, 2019.
Abstract: The semiarid region is a place that suffers great water shortages, with evaporation rates high and irregular precipitation during the year. This causes a water deficit for the area. This shows a large number of reservoirs built for water storage during the dry season. With all this problematic that studies on the evaporative rates are of great importance for better management of the water resources. The objective of this work is to estimate the water loss using remote sensing between the years of 2012 and 2018 in the Serrinha II reservoir. The study area is located in the Pajeú River basin, with a capacity of 311.000.000 m3 . To obtain orbital data, it used the United States Geological Survey (USGS) platform. These data were geoprocessed in the GIS environment using Qgis 2.18 Las Palmas software. The meteorological information was acquired in the station of Floresta and being worked in Excel. Evaluating the orbital data compared to the evaporative method of Kohler and Parmale (1967), which was the model that stood out statistically. He verified that in the period of 2012 the season of soft drought the reservoir still has a very significant concentration due to the fact of the drought is in the beginning therefore a great concentration in the reservoir. In the year 2013 to 2017 there is a significant reduction from 1.520.100 to only 313.650 ha. In this way it observes that the prolonged drought period significantly decreases the quantity of the water body. Raising the weir area of Serrinha II for the year 2018, with approximately 684.450 ha. Generating a 29,58% increase in the useful volume of the reservoir in the period of 2012. Indices were very high for the region, since it is the semiarid, directly influencing the reduction of the water body. Thus the use of remote sensing is efficient to make a study over time, analyzing periods of rain and drought that have greatly influenced the reservoir.
Description: A região do semiárido é um local que sofre grande escassez hídrica, sendo que os índices de evaporação são elevados e a precipitação irregular durante o ano. Dessa forma ocasiona um déficit de água para área. O que demonstra grande número de reservatórios construídos para armazenamento de água no período de estiagem. Com toda essa problemática que estudos relativos às taxas evaporativas são de grande importância para melhor gestão dos recursos hídricos. O referente trabalho tem como finalidade estimar a perda hídrica com auxílio do sensoriamento remoto entre os anos de 2012 a 2018 no reservatório de Serrinha II. A área de estudo se localiza na bacia do Rio Pajeú, com capacidade de 311.000.000 m3. Para obtenção de dados orbitais utilizou a plataforma United States Geological Survey (USGS). Na sequência esses dados foram geoprocessados em ambiente SIG por meio do software Qgis 2.18 Las Palmas. Já as informações meteorológicas foram adquiridas na estação de Floresta e sendo trabalhados no Excel. Avaliando os dados orbitais em comparação ao método de evaporativo de Kohler e Parmale (1967), que foi o modelo que se destacou estatisticamente. Verificou que no período de 2012 a época de estiagem branda o açude ainda tem uma concentração muito significativa devido o fato da seca está no início por isso uma grande concentração no reservatório. Já no ano de 2013 a 2017 ocorre uma redução significativa de 1.520.100 para apenas 313.650 ha. Dessa forma observa que o período de estiagem prolongada diminui significativamente a quantidade do corpo hídrico. Elevando a área do açude de Serrinha II para o ano de 2018, com aproximadamente 684.450 ha. Gerando um aumento de 29,58% do volume útil do reservatório no período de 2012. Índices foram bem elevados para região, já que se trata do semiárido, influenciando diretamente na redução do corpo hídrico. Assim o uso do sensoriamento remoto é eficiente para fazer um estudo ao longo do tempo, analisando períodos de chuva e estiagem que influenciaram muito no reservatório.
URI: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/2479
Appears in Collections:TCC - Bacharelado em Engenharia de Pesca (UAST)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_eso_wilsondosanjoscarvalho.pdf1,06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.