Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/2427
Title: Pontos de carbono a partir de opuntia inermis para determinação espectrofluorimétrica de cobre(II) em cachaça artesanal
Authors: Jorge, Larissa Samária Silva
metadata.dc.contributor.authorLattes: http://lattes.cnpq.br/8821434170102133
metadata.dc.contributor.advisor: Lima, Marcelo Batista de
metadata.dc.contributor.advisorLattes: http://lattes.cnpq.br/2424699316257149
Keywords: Materiais nanoestruturados;Fluorescência;Cachaça
Issue Date: 2019
Citation: JORGE, Larissa Samária Silva. Pontos de carbono a partir de opuntia inermis para determinação espectrofluorimétrica de cobre(II) em cachaça artesanal. 2019. 41 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Química) – Unidade Acadêmica de Serra Talhada, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Serra Talhada, 2019.
Abstract: Cachaça is a widely consumed alcoholic beverage throughout Brazil, losing only to beer. This consumption sparks reflection on the conditions and facilities in which the production of this beverage occurs, since a series of organic and inorganic contaminants can be present. Among these contaminants, copper (II) has gained prominence because it is frequently found at levels higher than 5.0 mg L-1, the limit allowed by law. This shows the need for an efficient monitoring of copper concentrations in beverages and food. For the above, this work sought to evaluate the copper contents in artisanal cachaças marketed in the city of Serra Talhada, Pernambuco. Proposing a methodology based on the synthesis of fluorescent carbon points (PC) to act as a chemical sensor in the presence of copper (II). The PCs were synthesized from the hydrothermal treatment of the juice of the cactus palm in microwave oven. Its optical properties were evaluated by molecular absorption spectra in UV-Vis and molecular fluorescence, and its particle distribution was evaluated by transmission electron microscopy. The PCs showed quantum fluorescence yield of 23.2%. The limits of detection and quantification were 0.36 mg L-1 and 1.18 mg L-1 , respectively. The correlation between the fluorescence intensity of PC-Cu (II) solutions with concentration of Cu (II) present, exposes the success of the nanomaterial as a chemical sensor and fluorescent reagent. This correlation is supported by the linear behavior presented by the analytical curve. The carbon points from the palm have been shown to be a versatile reagent for determination of copper concentrations, which makes the proposed method an alternative to be further explored.
Description: A cachaça é uma bebida alcoólica de amplo consumo em todo o Brasil, perdendo somente para a cerveja. Esse consumo desperta reflexão sobre as condições e instalações em que a produção dessa bebida ocorre, visto que uma série de contaminantes orgânicos e inorgânicos podem se fazer presentes. Dentre esses contaminantes, o cobre(II) tem ganho destaque por ser recorrentemente encontrado em níveis superiores a 5,0 mg L-1 , o limite permitido por lei. O que evidencia a necessidade de um monitoramento eficiente das concentrações de cobre em bebidas e alimentos. Pelo exposto, o trabalho buscou avaliar os teores de cobre em cachaças artesanais comercializadas na cidade de Serra Talhada, Pernambuco. Propondo uma metodologia baseada na síntese de pontos de carbono (PC) fluorescentes para atuarem como sensor químico na presença do cobre(II). Os PC foram sintetizados a partir do tratamento hidrotérmico do suco da cactácea palma forrageira em forno micro-ondas. Suas propriedades óticas foram avaliadas por meio de espectros de absorção molecular no UV-Vis e fluorescência molecular, sendo a sua distribuição de partículas avaliada através da microscopia eletrônica de transmissão. Os PC apresentaram rendimento quântico de fluorescência de 23,2 %. Os limites de detecção e quantificação foram 0.36 mg L-1 e 1.18 mg -1 , respectivamente. A correlação entre a intensidade de fluorescência das soluções PCCu(II) com concentração de Cu(II) presente, expõe o sucesso do nanomaterial como sensor químico e reagente fluorescente. Essa correlação é sustentada pelo comportamento linear apresentado pela curva analítica. Os pontos de carbono a partir da palma mostraram-se um reagente versátil para determinação de concentrações de cobre, o que torna o método proposto uma alternativa a ser mais explorada.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2427
Appears in Collections:TCC - Licenciatura em Química (UAST)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_larissasamáriasilvajorge.pdf1,44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.