Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2422
Título: Prospecção fitoquímica e efeito de extratos da folha da algarobeira (Prosopis juliflora (Sw)) no controle do Colletotrichum gloeosporioides (Penz.) Penz & Sacc do cajueiro (Anacardium occidentale L.)
Autor: Rocha, Amanda Barbosa da
Endereco Lattes do autor: http://lattes.cnpq.br/7320993055110094
Orientador: Silva, Renato Augusto da
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/5111987334920733
Palavras-chave: Caju;Fitopatologia;Algaroba
Data do documento: 2019
Citação: ROCHA, Amanda Barbosa da. Prospecção fitoquímica e efeito de extratos da folha da algarobeira (Prosopis juliflora (Sw)) no controle do Colletotrichum gloeosporioides (Penz.) Penz & Sacc do cajueiro (Anacardium occidentale L.). 2019. 72 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Química) – Unidade Acadêmica de Serra Talhada, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Serra Talhada, 2019.
Abstract: The cashew culture (Anacardium Occidentale L.) is an important agribusiness responsible for the Brazilian economic movement. However, the decline of the cashew nut almond crop in recent years has made Brazil the 14th place in the world production ranking in 2016. The weakening of cashew cultivation is attributed to the spread of diseases and pests, lack of management, anthracnose is the most worrying disease because it attacks the host at any stage of its development and is enhanced by the action of environmental factors. Continuous use of synthetic chemicals for the control and management results in selectivity and resistance to pathogens and thus alternative methods of natural source are an effective solution for the treatment of such plant diseases, while minimizing the environmental impact and reducing the risk to human health. In this way, the present work aims to evaluate the antifungal potential of leaf extracts of Prosopis juliflora (Sw) in the control of Colletotrichum gloeosporioides, phytopathogenic agent of anthracnose. P. juliflora leaves were collected in the city of Juru-PB, and after drying and crushing of the plant material, the phytochemical prospection of the aqueous and ethanolic extracts was carried out, proving the presence of phenolic, tannic, flavonoid and alkaloid compounds. Then it was performed to obtain the fraction of total alkaloids by acidbase extraction from the plant under study. After harvesting leaves, fruits and branches with symptomatic features typical of anthracnose, in Fátima, District of Flores-PE, the pathogen was identified by macroscopic and microscopic method after being cultured in petri dishes discharged with BDA (Potato-Dextrose-Agar ) for seven days of cultivation at room temperature and photoperiod of 12 hours. Aqueous, ethanolic and alkaloidal extracts were prepared and submitted to antifungal evaluation. Pre-tests were carried out in wells and disks with better results for the ethanolic extract and later with reproduction of the diffusion method in wells with alkaloidal extract. In the methodology of mycelial growth by plate dilution the dose of 13.6 mg.mL-1 of the FAT extract and 100% of the ethanolic extract resulted in a PIC of 100% and with the dose of 6.8 mg.mL-1 of the extract of FAT and the ethanolic extract diluted to 50% resulted in a PIC of 75% and 81%, respectively. Thus, all leaf extracts of P. juliflora tested in this work, proof of presence of alkaloids having potential antifungal about C. gloeospoioides.
Resumo: A cultura do cajueiro (Anarcadium Occidentale L.) é um importante agronegócio responsável pela movimentação econômica brasileira. No entanto, o declínio da safra de amêndoa da castanha do caju ocorrente nos últimos anos fez o Brasil ocupar a décima quarta posição no ranking mundial de produção no ano de 2016. O enfraquecimento da cajucultura é atribuído, em partes, à propagação de doenças e pragas, por falta de manejo, sendo a antracnose a doença mais preocupante, pois ataca o hospedeiro em qualquer fase do seu desenvolvimento e se potencializa pela ação de fatores ambientais. A contínua utilização de substâncias químicas sintéticas para controle e manejo resulta na seletividade e resistência de patógenos e, portanto, métodos alternativos de fonte natural são uma eficaz solução para o tratamento destas patologias vegetais, minimizando o impacto ambiental e diminuindo o risco a saúde humana. Desta maneira, o presente trabalho tem por objetivo avaliar o potencial antifúngico dos extratos da folha da Prosopis Juliflora (Sw) no controle do Colletotrichum gloeosporioides, agente fitopatógeno da antracnose. A coleta das folhas da P. juliflora foi realizada na cidade de Juru-PB, e após secagem e trituração do material vegetal, a prospecção fitoquímica dos extratos aquosos e etanólicos foi realizada sendo comprovada a presença de compostos fenólicos, tânicos, flavonoídicos e alcaloidais. Em seguida foi realizada a obtenção da fração de alcaloides totais por meio de extração ácido-base da planta em estudo. Depois da coleta de folhas, frutos e galhos com características sintomáticas típicas da antracnose, em Fátima, Distrito de Flores-PE, o patógeno foi identificado por método macroscópico e microscópico após ser cultivado em placas petri vertidas com meio BDA (Batata-Dextrose-Agar) por sete dias de cultivo a temperatura ambiente e fotoperíodo de 12 horas. Extratos aquosos, etanólicos e alcaloidais foram preparados e submetidos a avaliação antifúngica, sendo inicialmente realizado pré-testes de difusão em poços e discos com melhores resultados para o extrato etanólico e posteriormente com reprodução do método de difusão em poços com extrato alcaloidal. Na metodologia de crescimento micelial por diluição em placa a dose de 13,6 mg mL-1 do extrato da FAT e 100% do extrato etanólico resultaram numa PIC de 100% e com a dose de 6,8 mg mL-1 do extrato da FAT e do extrato etanólico diluído a 50% o resultado foi uma PIC de 75 % e 81%, respectivamente. Desta forma, todos os extratos da folha da P. juliflora testados no presente trabalho, com comprovação da presença de alcaloides, possuem potencial antifúngico sobre o C. gloeospoioides.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2422
Aparece nas coleções:(UASTLQ) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_amandabarbosadarocha.pdf1,89 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.