Please use this identifier to cite or link to this item: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/2405
Title: Carnavalização e matutismo na poesia de Jessier Quirino
Authors: Silva, Luana Mayara da
metadata.dc.contributor.authorLattes: http://lattes.cnpq.br/4817478121971125
metadata.dc.contributor.advisor: Almeida, Maria do Socorro Pereira de
metadata.dc.contributor.advisorLattes: http://lattes.cnpq.br/3185435491287172
Keywords: Cultura popular;Escritores brasileiros;Carnaval na literatura
Issue Date: 2019
Citation: SILVA, Luana Mayara da. Carnavalização e matutismo na poesia de Jessier Quirino. 2019. 42 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Letras) – Unidade Acadêmica de Serra Talhada, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Serra Talhada, 2019.
Abstract: This work searchs to study the work of Jessier Quirino, in order to observe how the perspective of carnivalization is revealed, while also searching for investigate how is formed the image of Matuto and the Sertanejo daily in the work of the author. The Matuto has always been seen like an ignorant, unlettered and negative characteristics being. Jessier make us to see another way to look this individual like someone smart, singular wisdom, as well as also shows, the Nordeste, always rising our flag to every place he goes. For many He created a new way to write. It treats about a bibliografic research, and to reach the objective we divided it in three parts. In the first, we tried to understand better the carnivalization phenomenon, to be able to enter in the work of the poet. After we discourse briefly about the context of the popular poetry, and the difference between this and the erudite literature. Finally we analyse some poems of Jessier, with the purpose we described above. Throughtout the study was possible notice that inside of works of the poet, he use a sliced, sarcastic language, and sometimes he subverts the seriousness of the subjects addressed. This way we see how is important to study the Jessier poetry, since the habits, behaviors and the physical and social nature of the Matuto.
Description: Este trabalho procura estudar a obra de Jessier Quirino no intuito de observar como a perspectiva da carnavalização se revela ao tempo em que busca também investigar como se constitui a imagem do matuto e o cotidiano sertanejo na obra do autor. O matuto sempre foi visto como um ser ‘ignorante’, não letrado e de características negativas. Jessier nos faz enxergar outra forma de ver esse sujeito como alguém esperto, de sabedoria única, assim como apresenta também o Nordeste, sempre levantando nossa bandeira, em qualquer lugar em que ele vá. Para muitos ele inventou um novo jeito de escrever. Trata-se de uma pesquisa de cunho bibliográfico e de análise para atingir o objetivo, dividimos em três partes, na primeira tentamos entender melhor o fenômeno da carnavalização para poder adentrar a obra do poeta. Depois discorremos brevemente sobre o contexto da poesia popular. Finalmente, analisamos alguns poemas de Jessier, dos quais escolhi entre três obras do autor, Agruras da lata D’água (1998), Prosa Morena (2005) e Paisagem do interior (2006), com o propósito acima descrito. Ao logo do estudo, foi possível perceber que dentro das obras do poeta, ele usa uma linguagem simples, sarcástica e por vezes subvertendo a seriedade dos assuntos abordados. Assim, vemos o quanto é importante estudar a poesia de Jessier, uma vez que além de um estilo peculiar ele tem como principal foco a cultura nordestina, mostrando os hábitos, costumes e natureza física e social do matuto, deixando claro a importância de se estudar um tema por tanto tempo negligenciado, que para nós nordestino é de extrema valia, nos deixamos mais perto do nosso contexto e mostrando a tantas outras qualidades que não são mostradas quando o assunto é Literatura popular.
URI: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/2405
Appears in Collections:TCC - Licenciatura em Letras (UAST)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_luanamayaradasilva.pdf512,1 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.