Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2285
Título: Uniformes dos Garis do Município de Olinda:: um diagnóstico para identificar os riscos à saúde decorrente da exposição aos Raios Ultravioleta (RUV)
Autor: Pinto, Débora Carla Costa
Endereco Lattes do autor: Não localizado
Orientador: Martins, Etienne Amorim Albino da Silva
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/1544960519006190
Co-orientador : Amaral, Wanderlayne Fernandes do
Endereço Lattes do Co-orientador : http://lattes.cnpq.br/3585798257306705
Palavras-chave: Uniformes;Proteção UV;Alternativas têxteis
Data do documento: 2019
Citação: PINTO, Débora Carla Costa. Uniformes dos Garis do Município de Olinda:: um diagnóstico para identificar os riscos à saúde decorrente da exposição aos Raios Ultravioleta (RUV). 2019. 45 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Economia Doméstica) - Departamento de Ciências Domésticas, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2019.
Abstract: The street cleaner are configured as workers in outdoor environments highly exposed to Ultraviolet Rays (RUV) because they spend an average of 4 to 9 hours of daily sun exposure in the performance of their work activities. Through a field research it was observed that the uniforms of the street cleaner did not protect them in carrying out their work activities, emphasizing the need to protect the RUV from clothing, for these professionals during the exercise of their unhealthy activities, among the other possible risks that can compromise the health of these workers.This study aimed to make a diagnosis of the professional uniforms of the street cleaner in the city of Olinda in Pernambuco, identifying the health risks arising from the performance of their work activities in external environments and how this is related to the usability of the professional uniform. At the end of the study, a change in the current uniform was suggested to provide better protection for street cleanerwhen carrying out work activities.
Resumo: Osgaris estão configurados como trabalhadores de ambientes externos altamente expostos aos Raios Ultravioleta (RUV) pois, passam uma média de 4 a 9 horas de exposição solar diária na realização de suas atividades laborais. Por meio de uma pesquisa de campo foi observado que os uniformes dos garis não os protegiam na realização de suas atividades de trabalho, sendo ressaltadaa necessidade de proteção aos RUVa partir do vestuário, para estes profissionais durante o exercício de suas atividades insalubres, dentre os outros possíveis riscos que podem comprometer a saúde destes trabalhadores.Este estudo objetivou realizar um diagnóstico dos uniformes profissionais dos garis da cidade de Olinda em Pernambuco, identificando os riscos à saúde decorrente da realização de suas atividades laborais em ambientes externos e como esta se relaciona na usabilidade douniforme profissional.Ao fim do estudofoi sugerido uma mudança no atual uniforme para melhor proteção dos garis na realização das atividades de trabalho.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2285
Aparece nas coleções:(CDIED) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_déboracarlacostapinto.pdf1,2 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.