Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2213
Título: Análise qualitativa de espécies plantadas no bairro da Encruzilhada, Recife-PE
Autor: Nascimento, Isabelly Meg Freitas do
Endereco Lattes do autor: http://lattes.cnpq.br/4744657711055499
Orientador: Feliciano, Ana Lícia Patriota
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/9184673853412326
Palavras-chave: Qualidade ambiental;Arborização das cidades;Ecologia urbana (Biologia)
Data do documento: 15-Jul-2019
Citação: NASCIMENTO, Isabelly Meg Freitas do. Análise qualitativa de espécies plantadas no bairro da Encruzilhada, Recife-PE. 2019. 38 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Florestal) - Departamento de Engenharia Florestal, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2019.
Abstract: The disorderly growth in urban centers has compromised the quality of life of the population, and the dispute between the environment and the anthropic constructions brought structural problems to the urban environment. The search for the minimization of the impacts caused by this lack of planning is based on the idea of a sustainable environment, which refers to economic growth taking into account the environmental variables, therefore, the urban forestation represents a mean to achieve this objective, and also exercises a primary role in providing physical and psychological benefits to the population. The present study aimed to carry out the qualitative inventory of a planting carried out in 2016 in the neighborhood of Encruzilhada, in the city of Recife-PE. The following qualitative parameters were evaluated: tree name, CAP, phytosanitary status, tree size, height of first bifurcation, canopy status with regard to phytosanitary status and torso status in relation to tortuosity and bifurcation, height total, need for maintenance. The results obtained showed that after three years of planting, only 29% of the individuals planted in the year 2016 were lost, in relation to the species found the following results were obtained: 29,58% Pata de Vaca (Bauhinia monandra Kurz), 26,76% of Resedá (Lagerstroemia indica L), 22,54% of Ipê Branco (roseoalba (Ridl.) Sandwith) and 21,13% of Sabonete (Sapindus saponaria L). Regarding the plant health, 62,94% were in good conditions, 24,48% under regular conditions, 11.89% under bad conditions and 0,70% were dead. In the maintenance needs, 55,30% of the trees need pruning, 25,76% did not require any type of maintenance and 18,94% needed other types of maintenance.
Resumo: O crescimento desordenado nos centros urbanos comprometeu a qualidade de vida da população, e a disputa do meio ambiente com as construções antrópicas trouxeram problemas estruturais ao meio urbano. A busca para minimização dos impactos causados por essa falta de planejamento, se fundamenta na ideia de um ambiente sustentável, que diz respeito ao crescimento econômico levando em conta as variáveis ambientais, assim, a arborização urbana representa um caminho para alcançar este objetivo, além de exercer função primordial no fornecimento de benefícios físicos e psíquicos à população. O presente estudo objetivou realizar o inventário qualitativo de um plantio realizado em 2016 no bairro da Encruzilhada, no município de Recife-PE. Foram avaliados os seguintes parâmetros qualitativos dos indivíduos arbóreos inventariados: nome vulgar; CAP; estado fitossanitário; porte da árvore; altura da primeira bifurcação; situação da copa, em relação ao estado fitossanitário; e situação do tronco em relação a tortuosidade e bifurcação, altura total, necessidade de manutenção. Os resultados obtidos em relação às espécies encontradas foram: 29,58% de Pata de Vaca (Bauhinia monandra Kurz), 26,76% de Resedá (Lagerstroemia indica L), 22,54% de Ipê Branco (Tabebuia roseoalba (Ridl.) Sandwith) e 21,13% de Sabonete (Sapindus saponaria L). Após três anos de plantio foram perdidos 29% dos indivíduos plantados no ano de 2016. No que diz respeito a fitossanidade 62,94% estavam em condições boas, 24,48% em condições regulares, 11,89% em condições ruins e 0,70% estavam mortas. Nas necessidades de manutenção, 55,30% das árvores necessitavam de podas, 25,76% não necessitavam de nenhum tipo de manutenção e 18,94% necessitavam de outros tipos de manutenção.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2213
Aparece nas coleções:(CDIEF) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_isabellymegfreitasdonascimento.pdf982,06 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.