Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2181
Título: Cultivo multitrófico do camarão marinho (Litopenaeus vannamei) em sistema bioflocos com macroalga (Gracilaria domingensis) e duas dietas comercias
Autor: Oliveira, Deyvid Willame Silva
Endereco Lattes do autor: http://lattes.cnpq.br/4224003240625541
Orientador: Gálvez, Alfredo Olivera
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/7002327312102794
Co-orientador : Santos, Elizabeth Pereira dos
Endereço Lattes do Co-orientador : http://lattes.cnpq.br/5362345525199085
Palavras-chave: Camarões - Cultivo;Água - Qualidade;Algas de água doce
Data do documento: 4-Jul-2019
Citação: OLIVEIRA, Deyvid Willame Silva. Cultivo multitrófico do camarão marinho (Litopenaeus vannamei) em sistema bioflocos com macroalga (Gracilaria domingensis) e duas dietas comercias. 2019. 24 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia de Pesca) - Departamento de Pesca e Aquicultura, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2019.
Resumo: Diante da necessidade da remoção de compostos nitrogenados que se acumulam ao longo do cultivo no sistema de bioflocos, decorrentes da mínima troca de água e da contínua oferta de alimento, faz-se necessário a utilização de um organismo capaz de aproveitar esses nutrientes e assim, contribuir com a melhora na qualidade de água dos sistemas. As macroalgas são organismos fotossintéticos que apresentam altas taxas de remoção de amônia e nitrato, além disso, são consideradas uma fonte de alimento natural dos camarões, apresentando elevado valor nutricional para o Litopenaeus vannamei. Visando analisar o efeito da interação entre a utilização de dois níveis proteicos (32 e 40%) na ração e presença ou ausência de Gracilaria domingensis (biomassa úmida de 2,5 kg.m-3) foram estocados juvenis de 0,5g durante 42 dias a uma densidade de 500 camarões.m-3, os quais foram submetidos a quatro combinações (MG32, MG40, IG32, IG40) em triplicata, gerando 12 unidades experimentais. As macroalgas foram coletadas em um banco natural localizado na praia de Pau Amarelo, Paulista-PE (07º54’54.74” S, 034º49’12.07” W). Para análise da qualidade de água, foram mensurados temperatura, oxigênio dissolvido, pH, salinidade, sólidos sedimentáveis, nitrogênio da amônia total, nitrogênio do nitrito, nitrogênio do nitrato, alcalinidade e fosfato, não apresentando diferença significativa entre os tratamentos ao fim do cultivo, permanecendo dentro dos padrões recomendados para fase de berçário secundário em sistema de bioflocos. Não foi observada a influência de nenhum dos fatores nos dados referentes a sobrevivência. Sendo observado o efeito isolado dos fatores analisados nos dados correspondentes aos demais índices de desenvolvimento zootécnico, não apresentando diferenças significativas quanto a interação entre eles. Diante disso, a utilização do sistema de cultivo integrado do L. vannamei com a presença da G. domingensis, possibilita a utilização de rações com menor aporte proteico na fase de berçário secundário.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2181
Aparece nas coleções:(CDIEP) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_deyvidwillamesilvaoliveira.pdf269,57 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.