Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2142
Título: Relatório do Estágio Supervisionado Obrigatório (ESO), realizado na Clínica Veterinária e Pet Shop Bixo´S, Jaboatão dos Guararapes/PE: Alterações clínicas e hematológicas de cães com erliquiose atendidos em clínica particular da Região Metropolitana de Recife, Pernambuco
Autor: Silva, Maria Silvana Bezerra da
Orientador: Santos, Edna Michelly de Sá
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/5706618430575429
Palavras-chave: Cães - Doeças;Patologia clínica veterinária;Diagnóstico por laboratório
Data do documento: 27-Ago-2018
Citação: SILVA, Maria Silvana Bezerra da. Relatório do Estágio Supervisionado Obrigatório (ESO), realizado na Clínica Veterinária e Pet Shop Bixo´S, Jaboatão dos Guararapes/PE: Alterações clínicas e hematológicas de cães com erliquiose atendidos em clínica particular da Região Metropolitana de Recife, Pernambuco. 2018. 44 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Medicina Veterinária) - Departamento de Medicina Veterinária, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2018.
Resumo: A erliquiose é uma das doenças infecciosas mais comuns na clínica médica veterinária. É causada por bactérias estritamente intracelulares, gram-negativas, que acomete principalmente leucócitos e monócitos. Sendo assim, objetivo deste trabalho foi realizar avaliação clínica e as alterações hematológicas de cães com erliquiose atendidos em clínica particular da Região Metropolitana de Recife, Pernambuco. Foram utilizadas 114 amostras de sangue provenientes de cães que foram coletadas para realização de hemograma e/ou pesquisa de hematozoários para auxílio no diagnóstico, controle de evolução de terapia ou exame de triagem pré-cirúrgico. Dentre as amostras analisadas, aquelas que possuíam alterações compatíveis com hemoparasitose ou provenientes de animais com sinais clínicos sugestivos, foram submetidas ao teste sorológico SNAP 4DX, quando autorizado pelo tutor. Dados referente às alterações clínicas e hematológicas desses pacientes foram devidamente anotados. Do total de amostras, 55% apresentaram alterações hematológicas compatíveis para hemoparasitose e 88,9% foram submetidas ao SNAP 4DX. 67,8% foram positivas para anticorpos de Ehrlichia spp. As principais manifestações clínicas observadas nesses animais foram hipertermia, letargia, anorexia, palidez das mucosas e gastroenterite e a trombocitopenia foi a alteração mais frequente encontrada no hemograma desses animais, correspondendo a 94,7%, seguida de leucocitose com 34,2%. Desta forma, conclui-se que as alterações clínicas observadas nos pacientes são bastante inespecíficas e que a trombocitopenia e a leucocitose foram as alterações mais frequentes do hemograma.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2142
Aparece nas coleções:(CDIMV) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_eso_mariasilvanabezerradasilva.pdf1,48 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.