Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2069
Título: Música canavial entre a indústria cultural e a cultura popular: Estudo sobre um fenômeno híbrido da zona da mata norte de PE
Autor: Silva, Lucas Elias Arcelino
Endereco Lattes do autor: http://lattes.cnpq.br/7687052596132322
Orientador: Souza, Cláudio Morais de
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/9245887717292317
Co-orientador : Oliveira, Daniel Figueiredo de
Endereço Lattes do Co-orientador : http://lattes.cnpq.br/7616338547377380
Palavras-chave: Indústria cultural;Cultura popular;Zona da Mata (PE : Mesorregião)
Data do documento: 2019
Citação: SILVA, Lucas Elias Arcelino. Música canavial entre a indústria cultural e a cultura popular: Estudo sobre um fenômeno híbrido da zona da mata norte de PE. 2019. 92 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Sociais) - Departamento de Ciências Sociais, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2019.
Abstract: This study aims to analyze a cultural phenomenon that has been developing inthe North Woods Zone, it is named as canavial music. Paraphrasing Canclini (2015), it is possible to say that today all cultures are from border. Nevertheless, a border presupposes at least two boundary territories; in this sense the theoretical limits that we set out to analyze were those ofthe Cultural Industry and Popular Culture. The methodology followed a qualitative way of ethnographic inspiration and it consisted of discreet observations of the spaces provided by the cultural scene in question, interviews with the artists that compose it and documentary analysis of sites and lyrics from the songs related to the theme. As a final result, it was concluded that the canavial music is hybrid expression which, in addition to being simply a musical rhythm, it provides socializing environments with greatcreative effervescence, and it carries itself the coexistence of contradictory elements that are capable of generating images that promote the limits of several pairs of opposition: rural x urban, massive x popular, merchandise x art, subaltern x hegemonic etc...
Resumo: Este estudo tem como objetivo analisar um fenômeno cultural que vêm se desenvolvendo na Zona da Mata Norte de Pernambuco, aqui nomeado de música canavial. Parafraseando Canclini (2015), pode-se dizer que hoje todas as culturas são de fronteira. Entretanto uma fronteira pressupõe no mínimo dois “territórios” limite; nesse sentido os limites teóricos que nos propusemos a analisar foram os da Indústria Cultural e da Cultura Popular. A metodologia empregada seguiu um viés qualitativo de inspirações etnográficas e consistiu em observação discreta dos espaços proporcionados pela cena cultural em questão, entrevistas com os artistas que a compõe e análise documental de sites e letras de músicas relacionadas ao tema. Como resultado final concluiu-se que a música canavial é uma expressão híbrida que, para além de ser simplesmente um ritmo musical, proporciona ambientes de socialização e de grande efervescência criativa, e carrega consigo a coexistência de elementos contraditórios capazes de gerar imagens que tencionam os limites de diversos pares de oposição como: rural x urbano, massivo x popular, mercadoria x arte, subalterno x hegemônico etc.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2069
Aparece nas coleções:(CDIBCS) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_lucaseliasarcelinosilva.pdf2,14 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.