Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2053
Título: Discriminação no mercado de trabalho brasileiro: uma análise comparativa entre o Nordeste e o Sudeste para o ano de 2018
Autor: Silva, Rony Ramos Cavalcanti da
Endereco Lattes do autor: http://lattes.cnpq.br/0005660374231865
Orientador: Souto, Keynis Cândido de
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/0393274407907348
Palavras-chave: Discriminação racial;Mercado de Trabalho;Metodologia
Data do documento: 2019
Citação: SILVA, Rony Ramos Cavalcanti da. Discriminação no mercado de trabalho brasileiro: uma análise comparativa entre o Nordeste e o Sudeste para o ano de 2018. 2019. 36 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Econômicas) - Departamento de Ciências Econômicas, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2019.
Abstract: The equality between people is a central theme for society and has been a constant theme of debates andstudies in order to make lifein society more equitable.Among the forums in which this topic has benrelevant, is the labor market. Since Becker (1957) established a microeconomic foundation, the study of discrimination has played an important role in the labor economy. This study aims to identify discrimination in the formal labor market by sex and race in the northeast and southeast in the year 2018.Using the data of the continuous PNAD and methodology OLS,the individual wage equations were estimated and, from these estimates, was carried out the decomposition of Oaxaca. The results point to evidence of wage discrimination for women and non-white people, as well as for stronger discrimination when it comes to non-white women.In addition, also point out that discrimination in the Southeast is more intense than in the Northeast.
Resumo: A igualdade entre as pessoas é um tema fulcral para a sociedade e tem sido constantemente tema de debates e estudos, afim de que a vida em sociedade seja mais justa. Dentre os fóruns no qual esse tema tem sido mais relevante está o mercado de trabalho. Desde que Becker (1957) estabeleceu uma fundamentação microeconômica, o estudo da discriminação tem tido papel de destaque na economia do trabalho. Este trabalho tem como objetivo a identificação de discriminação no mercado de trabalho formal por sexo e raça nas regiões nordeste e no sudeste no ano de 2018. Usando os dados da PNAD contínua e a metodologia de MQO, foram estimadas as equações salarias individuais e, a partir destas estimações, realizada a decomposição de O axaca. Os resultados apontam tanto para a evidência de discriminação salarial para as mulheres e pessoas não brancas como também que a discriminação é mais forte quando se trata de mulher não branca. Além disso, apontou que a discriminação na região sudeste é mais intensa do que na região nordeste.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2053
Aparece nas coleções:(CDIBCE) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_ronyramoscavalcantdasilva.pdf1,02 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.