Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2043
Título: Controle Top-Down da comunidade fitoplanctônica em reservatórios eutróficos tropicais: um cenário de biomanipulação com a adição de cladóceros planctônicos
Autor: Carneiro, Celina Rebeca Valença
Endereco Lattes do autor: http://lattes.cnpq.br/2992963543722654
Orientador: Moura, Ariadne do Nascimento
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/5127314582444598
Palavras-chave: Organismos aquáticos;Algas;Fitoplancto de água doce
Data do documento: 18-Out-2019
Citação: CARNEIRO, Celina Rebeca Valença. Controle Top-Down da comunidade fitoplanctônica em reservatórios eutróficos tropicais: um cenário de biomanipulação com a adição de cladóceros planctônicos. 2019. 44 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciências Biológicas) - Departamento de Biologia, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2019.
Abstract: The growing levels of eutrophization in the aquatic ecosystems have brought attention to studies that research the control of microalgae bloom, since some of these organisms can produce toxins capable of causing damage to a large variety of living beigns. Looking for possible solutions to this ecological imbalance, there is a growth in the levels of preoccupation concerning the particularities of the phytoplankton-zooplankton relation, especially due to the direct role of the zooplankton in the dynamic of aquatic ecosystems. Therefore, this study aims to analyze the potential of cladocerans in acting on the top-down control of the phytoplanktonic biomass of the eutrophic reservoirs. The study consists of two experiments: the first was realized under controlled laboratory conditions with the phytoplanktonic community of the Apipuco's weir, in Pernambuco, and the second was realized in situ with the phytoplankton from the Tapacurá's reservoir, also in Pernambuco. Through the laboratory experiment, a significant decrease of 67.39% and 40.17% from the total biomass in the dry and wet weather periods, respectively, was observed after eight hours in the higher zooplanktonic density. On the other hand, the cladocerans were not successful with the control of the phytoplanktonic biomass through the experiment. However, the treatment with the duplicated zooplanktonic biomass from the Tapacura's reservoir was capable of significantly reducing the biomass of almost every morphofunctional groups. Besides that, in both experiments the species that presented the most linear dimension, with values between 0 and 100 μm, did not present reductions in the size in both the seasonal periods, suggesting that the cladoceran consumed them whole, while only in the experiment I species larger than 100 μm were reduced, mainly through treatments with addition of 200 and 300 ind L-1. Thus, the natural zooplanktonic community from the Tapacura's reservoir and Macrothrix spinosa demonstrate to be potential controllers of the phytoplanktonic growth in aquatic eutrophic tropical ecosystems.
Resumo: Os crescentes níveis de eutrofização nos ecossistemas aquáticos têm chamado atenção para estudos que busquem o controle das florações de microalgas, uma vez que alguns destes organismos podem produzir toxinas capazes de causar danos aos mais variados grupos de seres vivos. Buscando possíveis soluções para esse desequilíbrio ecológico, têm-se preocupado em descobrir as particularidades da relação fitoplâncton-zooplâncton, especialmente devido aos últimos atuarem diretamente na dinâmica de ecossistemas aquáticos. Assim sendo, este estudo objetiva analisar o potencial dos cladóceros em atuar no controle top-down da biomassa fitoplanctônica de reservatórios eutróficos. O trabalho consistiu de dois experimentos: o primeiro foi realizado sob condições laboratoriais controladas com a comunidade fitoplanctônica do Açude de Apipucos-PE e o segundo foi realizado in situ com o fitoplâncton do Reservatório de Tapacurá-PE. No experimento laboratorial, foi observada a redução significativa em 67,39% e 40,17% da biomassa total nos períodos seco e chuvoso, respectivamente, após oito horas na maior densidade zooplanctônica. Por outro lado, no experimento in situ os cladóceros não obtiveram sucesso no controle da biomassa fitoplanctônica. No entanto, notou-se que o tratamento com a biomassa zooplanctônica natural do Reservatório de Tapacurá duplicada foi capaz de reduzir significativamente a biomassa de quase todos os grupos morfofuncionais. Além disso, em ambos os experimentos as espécies que apresentaram máxima dimensão linear com valores entre 0 e 100 μm não apresentaram reduções no tamanho em ambos os períodos sazonais, sugerindo que o cladócero as consumiu inteiras, enquanto que apenas no experimento I as espécies maiores que 100 μm foram reduzidas principalmente nos tratamentos com adição de 200 e 300 ind L-1. Portanto, a comunidade zooplanctônica natural do Reservatório de Tapacurá e Macrothrix spinosa demonstraram serem potenciais controladores do crescimento fitoplanctônico em ecossistemas aquáticos eutróficos tropicais.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2043
Aparece nas coleções:(CDILCB) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_celinarebecavalencacarneiro.pdf953,2 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.