Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/1991
Title: Inquérito coproparasitológico e ações de educação em saúde em escolas da rede pública de três municípios de Pernambuco
Authors: Albuquerque, Maria Eduarda de
metadata.dc.contributor.authorLattes: http://lattes.cnpq.br/0874155179625633
metadata.dc.contributor.advisor: Oliveira, Jaqueline Bianque de
metadata.dc.contributor.advisorLattes: http://lattes.cnpq.br/2856383385211373
Keywords: Doenças parasitárias;Helminto;Protozoário;Diagnóstico;Parasitologia
Issue Date: 2019
Citation: ALBUQUERQUE, Maria Eduarda de. Inquérito coproparasitológico e ações de educação em saúde em escolas da rede pública de três municípios de Pernambuco. 2019. 45 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Biológicas) - Departamento de Biologia, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2019.
Abstract: Enteroparasites are a public health problem, since they are endemic in many regions of the country. Infections caused by intestinal parasites are considered socioeconomic indicators of the population and maybe associated with several determinants,suchas absence or precariousness of basic sanitation, contaminated food and water, and some sociocultural factors. In this context, the objective of this study was to identify the intestinal parasites of school children from the public schools of three municipalities of the state and to carry out health education actions to reduce contamination by these parasites. A total of 650 stool specimens of schoolchildren of both sexes and aged 3 to 15 years were analyzed from the public school system of the municipalities of Camocim de São Félix, Salgadinho and Tupanatinga, which were processed by sedimentation methods spontaneous and Kato Katz (Helm Test Bio-Manguinhos). Of the analyzed samples, the following intestinal parasites were diagnosed in 263 (40.46%): Ascaris lumbricoides (30,30%), Giardia duodenalis (4,61%), Entamoeba histolytica (2%), Hymenolepis nana , Schistosoma mansoni (0.30%), Hookworms (0.30%),Enterobiusvermicularis(0.30%)andTaeniasp.(0.15%).Theprevalencesin the municipalities studied were: Salgadinho 94,81%, Camocim de São Félix 15,41% and Tupanatinga 12,79%. In the urban area, the prevalence was higher (41.97%). Based on the results, actions were carried out to promote health through the production of materials and recreational activities aimedat the prevention of enteroparasitoses. In addition to health education activities, investments are needed to expand the coverage of basic sanitation and, thus, reduce the impact of intestinal parasites on the health of the population.
Description: As enteroparasitoses representam um problema de saúde pública, uma vez que são endêmicas em muitas regiões do país. As infecções causadas por parasitos intestinais são consideradas indicadores socioeconômicos da população, podendo estar associada a vários fatores determinantes, como ausência ou precariedade de saneamento básico, alimentos e água contaminados e alguns fatores socioculturais. Nesse contexto, o objetivo deste estudo foi identificar os parasitos intestinais de escolares da rede pública de três municípios do estado e realizar ações de educação em saúde para diminuir a contaminação por estes parasitos. Foram analisadas 650 amostras de fezes de escolares, de ambos os sexos e com idade de 3 a 15 anos, do ensino fundamental da rede pública de ensino dos municípios de Camocim de São Félix, Salgadinho e Tupanatinga, as quais foram processadas pelos métodos de sedimentação espontânea e Kato Katz (Helm Teste Bio-Manguinhos). Das amostras analisadas,em263(40,46%) foram diagnosticados os seguintes parasitos intestinais: Ascaris lumbricoides (30,30%), Giardia duodenalis (4,61%), Entamoeba histolytica (2%), Hymenolepis nana (2%), Schistosoma mansoni (0,30%), Ancilostomídeos (0,30%), Enterobius vermicularis (0,30%) e Taenia sp. (0,15%). As prevalências nos municípios estudados foram: Salgadinho 94,81%, Camocim de São Félix 15,41% e Tupanatinga 12,79%. Na área urbana, a prevalência foi maior (41,97%). Com base nos resultados, foram realizadas ações de promoção à saúde, por meio da produção de materiais e atividades lúdicas visando a prevenção das enteroparasitoses. Para além de atividades de educação em saúde, são necessários investimentos para ampliar a cobertura de saneamento básico e, assim, diminuir o impacto dos parasitos intestinais na saúde da população.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1991
Appears in Collections:TCC - Bacharelado em Ciências Biológicas (Sede)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_mariaeduardadealbuquerque.pdf917,13 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.