Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/1990
Title: Ecologia comportamental e pareamento da espécie Alouatta belzebul (Linnaeus, 1766) em ambiente de cativeiro
Authors: Silva Júnior, Luiz Marcos da
metadata.dc.contributor.authorLattes: http://lattes.cnpq.br/8477462714320265
metadata.dc.contributor.advisor: Oliveira, Maria Adélia Borstelmann de
metadata.dc.contributor.advisorLattes: http://lattes.cnpq.br/6104426668816123
Keywords: Macacos;Animais - Adaptação;Animais - Comportamento;Animais - Comportamento social
Issue Date: 2019
Citation: SILVA JÚNIOR, Luiz Marcos da. Ecologia comportamental e pareamento da espécie Alouatta belzebul (Linnaeus, 1766) em ambiente de cativeiro . 2019. 58 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Biológicas) - Departamento de Biologia, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2019.
Abstract: The species Alouatta belzebulis a primate that showa disjointed population. Besides the great part of the population in the Amazon Forest biome, the small part is distributedin the Northeastern of Brazil, in the Atlantic Forest biome, in the states of Rio Grande do Norte, Piauí, Pernambuco, Paraíba and Alagoas.The species is currentlyincludedin the international red list, at“vulnerable"category. This study had theobjectivetomonitoredthe captive behavior of two individualsof the Alouatta belzebulspecies,focusing the pairingthrough environmental enrichment techniques in the Recife’s Zoo. Both weremonitored along fivedays a week for two hours aday,using the observational methods of focal sampling for two minutes and three minutes of time interval. Behavior pattern acronyms were based in an ethogram built at the beginning of the research.The data analysis was performed through the frequency and duration of the behavioral patterns of each individual, generating dataof the use of space, activitybudget and social interactions. It was observed that the individual category wasmore frequent than the other categories, social and stereotype. Stereotyped behaviors were documented in both animals. Social interactions were found exclusively for affiliative interactions. Following the behavioral protocols of the National Action Plan for the Conservation of Northeast’s Primates, no one animalwas able to survive if released in nature without a broad preparation to improve physical and psychological aspects
Description: A espécie Alouatta belzebulé um primata que possui uma população disjunta. A maior parte da população ocupa a Floresta Amazônica e uma menor parte distribui-se no Nordeste do Brasil, no bioma Mata Atlântica, nos estados do Rio Grande do Norte, Piauí, Pernambuco, Paraíba e Alagoas. Atualmente se encontra na lista vermelha internacional, na categoria “vulnerável”. Este trabalho teve por objetivo monitorar o comportamento de dois indivíduos da espécie Alouatta belzebulem situação de cativeiro, e promover o pareamento através de técnicas de enriquecimento no zoológico do Recife/PE, Os testes realizados com os enriquecedores foram direcionados separadamente para os dois indivíduos, um macho e uma fêmea,monitorados cinco dias por semana, por duas horas/dia através dos métodos de amostragem observacional focal por dois minutos e três minutos de intervalo. Os comportamentos foram registrados com base em um etograma construído no início das observações. As análises dos dados foram realizadas através da frequência e duração dos padrões comportamentais de cada indivíduo, gerando resultados sobre o uso do espaço, o orçamento diário e as interações sociais. Observou-se que os comportamentos da categoria individual foram mais frequentes que os das demais categorias, social e estereotipia.Comportamentos estereotipados foram registrados nos dois animais. Quanto às relações sociais foram constatadas apenas interações afiliativas.Na avaliação da eficácia do tipo de enriquecimento utilizado para o pareamento, os enriquecedores capazes de reduzir as estereotipias dos animais, foram considerados como de eficiência positiva. O pareamento foi considerado exitosos e seguindo os protocolos comportamentais do Plano de Ação Nacional para Conservação dos Primatas do Nordeste, nenhuns dos animais teriam condições de serem soltos na natureza,sem uma ampla preparação que vise o aperfeiçoamento dos aspectos físicos e psicológicos dos mesmos.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1990
Appears in Collections:TCC - Bacharelado em Ciências Biológicas (Sede)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_luizmarcosdasilvajúnior,.pdf1,95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.