Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/1989
Título: Uso de mistura de terpenos (Rowatinex®) no tratamento conservativo de ureterolitíase de um felino
Autor: Pontes, Luana Mirela de Sales
Endereco Lattes do autor: http://lattes.cnpq.br/8253336296618541
Orientador: Souza, Daniela Maria Bastos de
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/4856221548369438
Palavras-chave: Gato - Doenças;Uréteres;Terpenos;Rins - Cálculos
Data do documento: 12-Dez-2019
Citação: PONTES, Luana Mirela de Sales. Uso de mistura de terpenos (Rowatinex®) no tratamento conservativo de ureterolitíase de um felino. 2019. 32 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Medicina Veterinária) - Departamento de Medicina Veterinária, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2019.
Abstract: Ureterolithiasis is the main cause of ureteral obstruction in cats. Clinical signs are usually nonspecific and the most recurrent ureteroliths are Calcium oxalate, reproduction or prognosis of the reserved patient in the absence of protocols for its dissolution. The objective of this study was to report a satisfactory response to the use of terpene mix as experimental conservative therapy in the treatment of a feline with bilateral ureteral obstruction. A feline, male, Brazilian Short Hair, 10 years, 5,850Kg, castrated and diagnosed with bilateral ureteral stone was treated. During an anamnesis or patient there are vital signs within normal range, mild dehydration, apathy and tenderness to abdominal palpation. It has been prescribed as treatment or use of terpenes 1 capsule twice daily orally for 60 days, as it is a compound that proposes to assist in the removal of kidney stones and urinary tract. Its use as conservative therapy in the treatment of ureterolithiasis may have led to accelerated expulsion of the left ureteral stone, causing fewer deleterious effects to the patient's kidneys and with few detrimental effects. Thus, the results found in this case study, based on an experimental protocol, assume great importance in the treatment of ureterolithiasis.
Resumo: A ureterolitíase é a principal causa de obstrução ureteral em gatos. Os sinais clínicos geralmente são inespecíficos e os ureterólitos mais recorrentes são os de Oxalato de Cálcio, tornando o prognóstico do paciente reservado diante da inexistência de protocolos para sua dissolução . Objetivou-se com este trabalho relatar a resposta satisfatória ao uso da mistura de terpenos como terapêutica conservativa experimental no tratamento de um felino com obstrução ureteral bilateral. Foi atendido um felino, macho, Pelo Curto Brasileiro, 10 anos, 5,850Kg, castrado e com diagnóstico de cálculo ureteral bilateral. Durante a anamnese o paciente apresentava sinais vitais dentro da normalidade, leve desidratação, apatia e sensibilidade a palpação abdominal. Foi prescrito como tratamento o uso terpenos 1cápsula, duas vezes ao dia, por via oral, durante 60 dias, visto que é um composto que propõem auxiliar na remoção de cálculos renais e do trato urinário. Seu uso como terapia conservativa no tratamento de ureterolitíase pode ter levado a expulsão acelerada do cálculo ureteral esquerdo, provocando menos efeitos deletérios aos rins do paciente e poucos efeitos colaterais. Com isso, os achados obtidos neste estudo de caso a partir de um protocolo experimental, assumem grande importância no tratamento de ureterolitíase.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1989
Aparece nas coleções:(CDIMV) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_eso_luanamireladesalespontes.pdf978,25 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.