Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/1637
Título: Síntese eletroquímica da estrutura metal-orgânica de [Cu3(BTC)2 .(H2O)3]n e sua aplicação em biossensores e meio ambiente
Autor: Silva, Renata Pereira da
Endereco Lattes do autor: http://lattes.cnpq.br/9318114882701456
Orientador: Freitas, Katia Cristina da Silva
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/9622769576689246
Palavras-chave: Adsorção;Biotecnologia;Corantes;Físico-química
Data do documento: 27-Ago-2018
Citação: SILVA, Renata Pereira da. Síntese eletroquimica da estrutura metal-orgânica de [Cu3(BTC)2 .(H2O)3]n e sua aplicação em biossensores e meio ambiente. 2018. 48 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Química) - Departamento de Química, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2018.
Abstract: The MOFs (Metal-Organic Frameworks) are a new class of materials known as porous coordination networks, form an extensive class of crystalline materials, featuring a central atom (metal ion) or sintered (metallic cluster) coordinated the organic molecules (ligands), in which this unit metal-ligand repeats itself forming a polymer metal complex network in one, two or three dimensions. One of the most important properties of this metal-organic framework is the high porosity and large surface area, properties that are exploited for the development of a textile dye adsorbent material in effluent and as crippling to the Lectin of Cratylia Mollis, a specific enzyme for glucose. The MOF [Cu3 (BTC) 2 ( H2O) 3] n was obtained by electrochemical synthesis and by current limiter using an acid solution 1, 3, 5-benzenotricarboxilico, sodium nitrate and dimethylformamide in water Mllipore a ratio of 1:1. The precipitate was filtered, washed and dried in an oven at 120° C, and then was characterized by absorption spectroscopy in the infrared region using a Fourier transform with spectrophotometer (FTIR) and by cyclic voltammetry. After this MOF mix with a solution that simulated a textile effluent, it was found that it can be used in your treatment as it was retrieved from a colorless effluent and the stabilization of the dye in your structure. The developed biosensors have been drawn up with the MOF with the lectin, and graphite paste in Platinum and gold electrodes. The cyclic voltammetry of these systems in solution of glucose and fructose. Indicating that the lectin interacts with low-concentration glucose solutions with the gold record (10:15, 5 mM due to the increase of the cathode and Anodic peaks), while that with the Platinum card she interacts with high concentrations of glucose (20, 40 and 60 mM due to the increase of cathode and Anodic peaks). Interaction not observed of the lectin with fructose, as expected. This system can be used for the identification of glucans in effluents, and identification of glucose in real samples, not requiring a large amount of sample for identification, making the low-cost and efficient method.
Resumo: As MOFs (Metal-Organic Frameworks) são uma nova classe de materiais porosos conhecidos como redes de coordenação, formam uma extensa classe de materiais cristalinos, apresentando um átomo central (íon metálico) ou aglomerado (cluster metálico) coordenados a moléculas orgânicas (ligantes), em que essa unidade metal-ligante se repete formando uma rede polimérica de complexos metálicos em uma, duas ou três dimensões. Uma das mais importantes propriedades dessa estrutura metal-orgânica é a alta porosidade e grande área superficial, propriedades que serão exploradas para o desenvolvimento de um material adsorvente de corante têxtil em efluente e como imobilizante para a Lectina de Cratylia Mollis, uma enzima específica para glicose. A MOF de [Cu3(BTC)2.(H2O)3]n foi obtida por síntese eletroquímica e por via amperométrica utilizando-se uma solução de ácido 1,3,5-benzenotricarboxilico, nitrato de sódio e dimetilformamida em água Mllipore numa razão de 1:1. O precipitado foi filtrado, lavado e seco em uma estufa a 120°C, e em seguida foi caracterizado por espectroscopia de absorção na região do infravermelho utilizando um espectrofotômetro com transformada de Fourier (FTIR) e por voltametria cíclica. Após a mistura dessa MOF com uma solução que simulou um efluente de indústria têxtil, verificou-se que ela pode ser utilizada em seu tratamento pois foi obtido um efluente sem coloração e houve a estabilização do corante em sua estrutura. Os biossensores desenvolvidos foram elaborados com a fixação da MOF com a lectina, e a pasta de grafite nos eletrodos de platina e ouro. Realizou-se a voltametria cíclica desses sistemas em solução de glicose e frutose. Indicando que a lectina interage com soluções de baixa concentração de glicose com o disco de ouro (5, 10 e 15 mM devido ao aumento dos picos catódicos e anódicos), enquanto que com a placa de platina ela interage com altas concentrações de glicose (20, 40 e 60 mM devido ao aumento dos picos catódicos e anódicos). Não se observou a interação da lectina com a frutose, como já era esperado. Esse sistema pode ser utilizado para a identificação de glicanos em efluentes, e identificação de glicose em amostras reais, não sendo necessária uma grande quantidade de amostra para a identificação, tornando o método eficiente e de baixo custo.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1637
Aparece nas coleções:(CDILQ) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_renatapereiradasilva.pdf1,35 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.