Please use this identifier to cite or link to this item: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/1549
Title: Mastite bovina: principais etiologias infecciosas e estratégica de controle
Authors: Silva, Marcílio Jair Araujo
metadata.dc.contributor.advisor: Coutinho, Tania Alen
metadata.dc.contributor.advisorLattes: http://lattes.cnpq.br/1916619528141219
Keywords: Ruminantes;Bovino - Doenças;Mamas - Doença fibrocística
Issue Date: 27-Aug-2018
Citation: SILVA, Marcílio Jair Araujo. Mastite bovina: principais etiologias infecciosas e estratégica de controle. 2018. 43 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Medicina Veterinária) – Unidade Acadêmica de Garanhuns, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Garanhuns, 2018.
Abstract: Mastitis in an inflammatory process of the mammary gland, the causes of which may include physical etiologies (mechanical traumas of the mammary structure or chemical injury from contact with corrosive substances), hormonal etiologies (pituitary disorders, for example) and infectious diseases (bacterial, yeast, viral infections). This condition in cattle causes great harm to dairy farmers, which corresponds to the reduction in the total milk production of the affected animal, milk discarding due to the use of antibiotics, expenses with medicines and veterinary fees, reduction of milk quality and, consequently, the reduction of the price paid by the dairy industries. Front of the problems caused by bovine mastitis, there is a need to combat it, and its prevention at critical points in pre-gate milk production is the best alternative to optimize the health and well-being of cows, as well as the costs and production profits. Therefore, it was the aim of this monograph to review the theme.
Description: Mastite consiste em um processo inflamatório da glândula mamária, cujas causas podem incluir etiologias físicas (traumas mecânicos da estrutura mamária ou químicos por contato da mesma com substancias corrosivas), hormonais (distúrbios hipofisários, por exemplo) e principalmente, infecciosas (bactérias, leveduras, virais). Esta afecção em bovinos gera grandes prejuízos aos produtores leiteiros, os quais correspondem à redução na produção total de leite do animal acometido, ao descarte do leite devido ao uso de antibióticos, ao gasto com medicamentos e honorários de médicos veterinários, redução da qualidade do leite e, por consequência, redução no preço do leite pago pelos laticínios. Frente aos problemas causados pela mastite bovina, verifica-se a necessidade de combatê-la e que a prevenção da mesma em pontos críticos da produção leiteira pré-porteira é a melhor alternativa para otimizar a saúde e bem-estar das vacas, bem como, os custos e lucros de produção. Dada a importância da mastite infecciosa na bovinocultura de leite, foi objetivo da presente monografia de conclusão de curso revisar o tema.
URI: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/1549
Appears in Collections:TCC - Bacharelado em Medicina Veterinária (UAG)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_marciliojairaraujosilva.pdf1,18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.