Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/1507
Title: Adaptações curriculares na educação de estudantes com síndrome de down
Authors: Barreto, Queila Regia de Andrade
metadata.dc.contributor.authorLattes: http://lattes.cnpq.br/0030592428143328
metadata.dc.contributor.advisor: Vasconcelos, Norma Abreu e Lima Maciel de Lemos
metadata.dc.contributor.advisorLattes: http://lattes.cnpq.br/4261347568631671
Keywords: Down, Síndrome de;Educação inclusiva
Issue Date: 16-Jul-2019
Citation: BARRETO, Queila Regia de Andrade. Adaptações curriculares na educação de estudantes com Síndrome de Down. 2019. 25 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) – Unidade Acadêmica de Garanhuns, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Garanhuns, 2019.
Abstract: Trisomy 21, also called Down Syndrome (DS), is a chromosomal condition caused by an extra chromosome in pair 21. Children and young people who have this syndrome have similar physical characteristics and are subject to some diseases. Although they have intellectual and learning disabilities, they are people with a unique personality, who establish good communication and are also sensitive and interesting. Quite often, the "degree" of symptom involvement is inversely proportional to the stimulus given to these children during childhood, both in the family environment and in the school environment. Based on this, the aim of this research was to observe the use of the curricular adaptations in the teaching practice of the Down syndrome students’ teacher, as well as the activities developed in the classroom, and their inclusion in the context of the school environment. This is a qualitative research, in which a teacher and a student with Down's syndrome participated. Data were collected through observation, semi-structured interview and submitted to content analysis.
Description: A trissomia 21, também chamada de Síndrome de Down (SD), é uma condição cromossômica causada por um cromossomo extra no par 21. Crianças e jovens com essa síndrome têm características físicas semelhantes e estão sujeitos a algumas doenças. Embora apresentem deficiências intelectuais e de aprendizagem, são pessoas com personalidade única, que estabelecem boa comunicação e também são sensíveis e interessantes. Quase sempre o “grau” de acometimento dos sintomas é inversamente proporcional ao estímulo dado a essas crianças durante a infância, tanto no ambiente familiar, quanto no ambiente escolar. Com base nisso, o objetivo deste trabalho foi observar o uso das adaptações curriculares na prática docente do professor de estudantes com SD, bem como as atividades desenvolvidas em sala, e a sua inclusão diante do contexto vivido no ambiente escolar. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, em que participou uma professora e uma estudante com Síndrome de Down. Os dados foram coletados por meio de observação, entrevista semiestruturada e submetidos à análise de conteúdo.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1507
Appears in Collections:TCC - Licenciatura em Pedagogia (UAG)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_art_queilaregiadeandradebarreto.pdf345,32 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.