Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/1470
Title: Efeito de estresses combinados salino e de altas temperaturas em Vigna unguiculata (L.) Walp: abordagens fisiológicas e anatômicas
Authors: Almeida, Michelle Maylla Viana de
metadata.dc.contributor.authorLattes: http://lattes.cnpq.br/6857300995793973
metadata.dc.contributor.advisor: Moser, Luciana Maia
metadata.dc.contributor.advisorLattes: http://lattes.cnpq.br/5884448493094899
Keywords: Feijão-de-corda - Sementes;Sementes – Fisiologia;Solos – Salinidade
Issue Date: 25-Jul-2018
Citation: ALMEIDA, Michelle Maylla Viana de.Efeito de estresses combinados salino e de altas temperaturas em Vigna unguiculata (L.) Walp: abordagens fisiológicas e anatômicas.2018. 46 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Agronomia) – Unidade Acadêmica de Garanhuns, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Garanhuns, 2018.
Abstract: Salinity and high temperatures are factors that negatively affect the production of plant species of socioeconomic importance in arid and semi-arid waters. At present, major reactions from plant technicians are covered and information on environmental conditions is included. Cowpea (Vigna unguiculata (L.) Walp) is one of the most important crops of the region. In addition, it is a moderately resistant strategy to drought and salt stress, stressing principles that limit the productivity of this crop. The present work had as physiological and anatomical objective of the rope bean on the effect of saline stresses and high temperatures. The experiments were conducted at UFRPE-UAG / CENLAG. Seeds of cowpea cultivar IPA 206 were seeded on filter paper moistened in distilled water or 100 mM NaCl solution (saline stress condition) and placed in a germination chamber with 12-hour photoperiod at temperatures of 30, 35 and 40°C for 7 days . The measures of the flexible ones were cut and their length was measured in relation to the analytical balance. For a physiological characterization, as were submitted to germination tests, IVG, analysis of root and shoot root length and dry mass, and anatomical analysis from histological sections of hypocotyls. The results were: the interaction between salinity and high temperatures decreased the seed germination potential of V. unguiculata and the sampling rate was 40°C. Saline stress (100 mM NaCl) in the hot, diseased air (40°C) inhibited the growth, growth and dry mass of V. unguiculata seedlings. Saline stress associated with high temperatures caused disarrangement in the arrangement of xylem and phloem bundles in cowpea seedlings. Thus, the combined stresses potentiate the effects of saline and thermal stress alone.
Description: A salinidade e altas temperaturas são fatores abióticos que afetam negativamente a produção de espécies vegetais de importância socioeconômica nas regiões áridas e semiáridas. Atualmente um dos grandes desafios dos cientistas de plantas é compreender e tentar manter a produtividade de plantas sob condições ambientais desafiadoras. O feijão caupi (Vigna unguiculata (L.) Walp ) é uma das mais importantes culturas da região Nordeste do Brasil, principalmente pela importância socioeconômica. Além disso, é considerada uma planta moderadamente resistente à seca e estresse salino, principais estresses que limitam a produtividade dessa cultura. O presente trabalho teve como objetivo estudar as respostas fisiológicas e anatômicas do feijão-decorda sob efeito dos estresses salino e de altas temperaturas. Os experimentos foram conduzidos na UFRPE-UAG/CENLAG. Sementes de feijão caupi cultivar IPA 206 foram semeadas em papel de filtro umedecidos em água destilada (condição controle) ou solução de NaCl 100mM (condição de estresse salino) e colocadas em câmara de germinação com fotoperíodo de 12 horas às temperaturas de 30, 35 e 40ºC por 7 dias. As diferentes partes das plântulas foram cortadas e seu comprimento foi mensurado, logo em seguida foram colocadas para secar em estufa e a massa seca foi mensurada em balança analítica. Para a caracterização fisiológica, as sementes foram submetidas aos testes de germinação, IVG, análise do comprimento e massa seca da raiz e da parte aérea e análise anatômica a partir de cortes histológicos de hipocótilos. Os resultados mostraram que a interação entre salinidade e altas temperaturas diminuíram o potencial de germinação de sementes de V. unguiculata cv IPA 206, essa diminuição foi mais acentuada em plântulas expostas a estresse salino na temperatura de 40°C. O estresse salino (NaCl 100mM) associado ao estresse térmico (40°C) inibiu o IVG, o crescimento e a massa seca de plântulas de V. unguiculata. O estresse salino associado à altas temperaturas causaram desarranjo na disposição dos feixes de xilema e floema em plântulas de feijão caupi. Assim, os estresses combinados potencializaram os efeitos do estresse salino e térmico isoladamente.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1470
Appears in Collections:TCC - Bacharelado em Agronomia (UAG)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_michellemayllavianadealmeida.pdf879,29 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.