Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/1258
Título: Atuação de bancos e cooperativas de crédito em regiões com baixo dinamismo econômico
Autor: Madureira, Camila Lopes e Silva
Endereco Lattes do autor: Não encontrado
Orientador: Freitas, Priscila Michelle Rodrigues
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/3255381700202901
Palavras-chave: Cooperativas de crédito;Bancos;Bancos - Serviços ao cliente;Moeda
Data do documento: 2018
Citação: MADUREIRA, Camila Lopes e Silva. Atuação de bancos e cooperativas de crédito em regiões com baixo dinamismo econômico. 2018. 51 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Econômicas) – Unidade Acadêmica de Serra Talhada, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Serra Talhada, 2018.
Abstract: The relationship between money and economic development is a source of study by many authors, whotry to explain the role that money plays in development, especially at the regional level. Based on the post-Keynesian slope of the non-neutrality of money, this paper proposes to analyze the role of the banks and the credit cooperative of free admission, based on data from the Credit Union of Free Admission of Pernambuco (Sicoob Pernambuco), in the regions with less economic dynamism in which it operates, these being the Sertão do Pajeú, in the state of Pernambuco and Cariri Ocidental, in the state of Paraíba.Five financial indicators developed by Crocco (2010) were used to perform this analysis. The results show that despite the fact that the Credit Union has a minor performance in the region when compared to the banking branches, Sicoob Pernambuco has proportionally offered more credit in these peripheral regions, allowing for more investments and, consequently, regional development. The decline in the supply of credit by banks may be justified by a higher preference for liquidity, generated by high levels of uncertainty present in these regions.
Resumo: A relação da moeda com o desenvolvimento econômico é fonte de estudo de muitos autores, os quais tentam explicar qual o papel que a moeda exerce no desenvolvimento, em especial a nível regional. Tomando como base a vertente Pós-Keynesiana da não neutralidade da moeda, esse trabalho propõe-se a analisar qual o papel dos bancos e da cooperativa de crédito de livre admissão, a partir de dados da Cooperativa de Crédito de Livre Admissão de Pernambuco (Sicoob Pernambuco), nas regiões com menos dinamismo econômico em que atua, sendo estas o Sertão do Pajeú, no estado de Pernambuco e Cariri Ocidental, no estado da Paraíba.Para realizar tal análise foram utilizados cinco indicadores financeiros desenvolvidos por Crocco (2010). Os resultados encontrados demonstram que apesar da Cooperativa de Crédito ter uma atuação pouco significativa na região quando comparado a atuação das agências bancárias, o Sicoob Pernambuco tem ofertado, proporcionalmente, mais crédito nessas regiões periféricas, possibilitando mais investimentos e, consequentemente, desenvolvimento regional. A retração na oferta de crédito por parte dos bancos pode ser justificada por uma maior preferência pela liquidez, gerada a partir de elevados níveis de incertezas presentes nestas regiões
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1258
Aparece nas coleções:(UASTBCE) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_camilalopesesilvamadureira.pdf860,56 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.