Please use this identifier to cite or link to this item: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/1110
Title: Adaptação de novos genótipos de videira para o fortalecimento da vitivinicultura no Nordeste brasileiro
Authors: Andrade, Daniela da Silva
metadata.dc.contributor.authorLattes: http://lattes.cnpq.br/3150900741929354
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Mairon Moura da
metadata.dc.contributor.advisorLattes: http://lattes.cnpq.br/7221534109119948
Keywords: Fenologia;Uva - Cultivo;Videira;Uva - Qualidade
Issue Date: 22-Aug-2018
Citation: ANDRADE, Daniela da Silva. Adaptação de novos genótipos de videira para o fortalecimento da vitivinicultura no Nordeste brasileiro. 2018. 37 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Agronomia) – Unidade Acadêmica de Garanhuns, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Garanhuns, 2018.
Abstract: Vitiviniculture is an activity that has great importance for the Brazilian economy, providing employment and income generation. Brazil faces several challenges for the production of grapes and wines that are of good quality, thus meeting the requirements of the market. The present work had the objective of characterizing and evaluating the phenological and productive behavior of 10 grapevine cultivars cultivated in Agreste Meridional de Pernambuco. The experiment was installed in the Municipality of Brejão. Ten grape cultivars were studied for the elaboration of fine wines: Muscat Petit Grain, Merlot Noir, Carbenet Sauvignon, Petit Verdot, Pinor Noir, Malbec, Viognier, Sauvignon Blanc, Syrah and Chardonnay. The experiment was carried out in a vineyard with approximately three years and ten months of age, in a straightedge conduction system, spaced 3.0 x 1.0 m and irrigated by micro sprinkler. The experimental design was in randomized blocks with four replicates and plots constituted by eight plants. The phenological characterization, the thermal requirement, ravaz index, estimated yield (kg / plant), number of bunches per plant, physical and chemical characteristics of the curds of the different cultivars were evaluated in the different subperiods of the crop by means of visits weekly to the experimental area. Two plants of each cultivar were marked by block for the monitoring of phenology. The cultivar Muscat Petit Grain (120 days) presented a shorter cycle, being the earliest cycle, the highest cycle was for the Viognier and Cabernet Sauvignon cultivars. In relation to the production, the cultivars Malbec and Petit Verdot presented good physicochemical characteristics that consequently influence the quality of the wine, indicating also good adaptation in the study period and potential for the studied region.
Description: A vitivinicultura é uma atividade que apresenta grande importância para a economia brasileira, proporcionando geração de emprego e renda. O Brasil enfrenta diversos desafios para a produção de uvas e vinhos que apresentam uma boa qualidade, atingindo assim as exigências do mercado. O presente trabalho teve como objetivo caracterizar e avaliar o comportamento fenológico e produtivo de 10 cultivares de videiras viníferas cultivadas no Agreste Meridional de Pernambuco. O experimento foi instalado no Município de Brejão. Foram estudadas 10 cultivares de videiras para elaboração de vinhos finos: Muscat Petit Grain, Merlot Noir, Carbenet Sauvignon, Petit Verdot, Pinor Noir, Malbec, Viognier, Sauvignon Blanc, Syrah e Chardonnay. O experimento foi implantado em vinhedo com aproximadamente três anos e dez meses de idade, em sistema de condução tipo espaldeira, com espaçamento de 3,0 x 1,0 m e as plantas irrigadas por microaspersão. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados com quatro repetições e parcelas constituídas por oito plantas. Foi realizada a caracterização fenológica, a exigência térmica, o índice de ravaz, produção estimada (Kg/planta), número de cachos por planta, características físicas e químicas dos cachos das diferentes cultivares, nos diferentes subperíodos da cultura por meio da realização de visitas semanais à área experimental. Foram marcadas duas plantas de cada cultivar por bloco para o acompanhamento da fenologia. Com base nos resultados em relação ao acompanhamento fenológico da cultura, a cultivar Muscat Petit Grain (120 dias) apresentou menor ciclo, sendo a mais precoce, o maior ciclo foi para as cultivares Viognier e Cabernet Sauvignon. Em relação a produção as cultivares Malbec e Petit Verdot apresentaram boas características físico-quimicas que consequentemente influenciarão na qualidade do vinho, indicando também boa adaptação no período de estudo e potencial para a região estudada.
URI: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/1110
Appears in Collections:TCC - Bacharelado em Agronomia (UAG)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_danieladasilvaandrade.pdf1,39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.