Please use this identifier to cite or link to this item: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/1072
Title: Caracterização dos bovinos abatidos no município de Garanhuns – Pernambuco
Authors: Andrade, Arllan Rodrigues de
metadata.dc.contributor.authorLattes: Não encontrado
metadata.dc.contributor.advisor: Véras, Robson Magno Liberal
metadata.dc.contributor.advisorLattes: http://lattes.cnpq.br/2405716901085095
Keywords: Bovino de corte;Carne - Qualidade;Matadouros - Garanhuns (PE);Zootecnia
Issue Date: 9-Jan-2019
Citation: ANDRADE, Arllan Rodrigues de. Caracterização dos bovinos abatidos no município de Garanhuns - Pernambuco. 2019. 30 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Zootecnia) – Unidade Acadêmica de Garanhuns, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Garanhuns, 2019.
Description: O sistema agroindustrial da pecuária é uma das atividades mais importantes do agronegócio nacional, se destacando por possuir o maior rebanho comercial, quando considerando apenas os bovinos no mundo. Assim, objetivou-se caracterizar os animais abatidos no município de Garanhuns – PE quanto a animais, DL – Descarte de Leite, CL – Cruzado de leite, CC – Cruzado de Corte e PC – Puro de Corte, correlacionando o número de animais abatidos com sexo e acabamento de gordura. A qualidade da carne depende da genética do animal, do ambiente onde ele está inserido e da interação entre a genética e o ambiente. A região de Garanhuns-PE abate em torno de 2.500 animais por mês com a mais variada composição de pesos, idades, raças bovinas e origens. A coleta dos dados ocorreu no abatedouro público da cidade de Garanhuns-PE, cedido a empresa Equipabat onde as informações sobre o abate de 489 foram coletadas, afim de caracterizar os animais que são abatidos. Esses animais foram divididos e inseridos em 4 categorias diferentes de acordo com a predominância de uma das funções exploradas desses animais, sendo estás: DL, CL, CC e PC separados por animais, machos (inteiros e castrados) e por fêmeas (vacas e novilhas). O grau de acabamento foi dividido em nove classes: (1) ausente; (2-) escassa - ; (2º) escassa º ; (2+) escassa + ; (3-) mediana - ; (3º) mediana º ; (3+) mediana + ; (4) uniforme – e (5) excessiva. O grau de acabamento foi agrupado em 3 padrões de carcaças, sendo indesejável, que incluem os graus de acabamento ausente 1 e excessivo, o tolerável que inclui os padrões escassa 2-, 2º e 2+ e o padrão desejável que inclui o padrão mediana 3-, 3º, 3+ e uniforme. O número de machos obtidos foi superior ao número de fêmeas, sendo 353 e 136 animais respectivamente. A categoria DL com 170 animais foi a que apresentou um maior número de bovinos abatidos enquanto a categoria PC com 74 animais teve o menor número de bovinos abatidos. O macho mais pesado observado durante o período da pesquisa foi da categoria DL com 479,0 kg, já a fêmea mais pesada pertence a categoria PC com 299,0 kg, os melhores pesos mínimos observados foram da categoria PC com 166,0 kg para os machos e 151,0 kg para as fêmeas. Com os resultados obtidos a categoria PC apresentou uma maior porcentagem de carcaças com padrão desejado 59,46% enquanto a categoria DL apresentou a menor porcentagem de carcaças com um padrão desejado do grau de acabamento.
URI: https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/1072
Appears in Collections:TCC - Bacharelado em Zootecnia (UAG)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_arllanrodriguesdeandrade.pdf470,36 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.