Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/1019
Título: Avaliação de época de plantio para estabelecimento de Aveia preta (Avena strigosa Schreb.) durante a estação fria, Norte da Flórida-EUA
Autor: Abreu, Daciele Sousa de
Endereco Lattes do autor: http://lattes.cnpq.br/9908872159072612
Orientador: Santos, Mércia Virginia Ferreira dos
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/9565465836878202
Palavras-chave: Aveia - Produção - Flórida (Estados Unidos);Pastagens - Manejo;Cereais - Meios de cultivo;Inverno - Fatores climáticos
Data do documento: 14-Jan-2019
Citação: ABREU, Daciele Sousa de. Avaliação de época de plantio para estabelecimento de Aveia preta (Avena strigosa Schreb.) durante a estação fria, Norte da Flórida-EUA. 2019. 23 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Zootecnia) - Departamento de Zootecnia, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2019.
Abstract: In northern Florida, subtropical climate, forage is the main source of food for herds, using forages for the cool-season and warm-season. During the cool-season, higher animal performance occurs when compared to the warm season, because of the higher nutritive value of the forage. The objective of the work is to evaluate two varieties of black oats (Avena strigosa Schreb) in contrast with other cool-season forages typically used in the region, such as cereal rye (Secale cerealeL.), triticale (X Triticosecole Wittmack), annual ryegrass (Lolium multiflorum L.), and oats (Avena sativa L.), in two planting seasons. The experiment was conducted at the North Florida Research and Education Center, located in the city of Marianna - Florida, USA. It was carried out in a randomized block design with subdivided plots and four replications. The treatments included two planting seasons (January and February plot) and seven varieties of temperate forage plants (sub-plot). Two varieties of black oats (Cosaque and SoilSaver) and five other forages typically used in the region (Horizon 201, Legend 567, Trical 342, FL401 and Earlyploid; n = 56) were evaluated. The experiment was repeated in two consecutive years, 2016 and 2017, in nearby experimental areas. The analyzed variables were herbage accumulation rate and survival rate. Rye (FL 401) and white oat (Legend 567) obtained superior results, producing an average of 1946.13 kg DM/ha of herbage accumulation and black oats (SoilSaver and Cosaque) obtained a mean of 1363,065 kg DM/ha in the months of January. In the February planting, the SoilSaver black oat variety obtained 1889.75 kg of DM/ha, followed by the grains Legend 567 and FL 401, with 1671.87 and 1614.37 kg DM / ha, respectively. For the survival rate, the black oat of Cosaque cultivar and the Azevém of Earlyploid cultivar reported a higher rate in the months of January (100 and 87.50%). In February, the two black oat cultivars, together with Tritical and Azevém, had a 100% survival rate. In general, Black Oat, SoilSaver cultivar, when planted in February, reported similar herbage accumulation and survival rate to commonly used grains in North Florida, USA.
Resumo: No norte da Flórida, área de clima subtropical, os sistemas de produção são baseados a pasto, tornando a forragem a principal fonte de alimento para os rebanhos, utilizando-se forragens para a estação fria e para a estação quente, ocorrendo durante a estação fria o maior desempenho animal, quando comparada com a estação quente, devido ao maior valor nutritivo da forragem. Dessa forma, o objetivo do trabalho é avaliar duas variedades de Aveia preta em comparação com outras forrageiras tipicamente utilizadas na região, como o Centeio, Triticale, Azevém anual e Aveia, em duas épocas de plantio, durante a estação fria. O experimento foi realizado na estação experimental North Florida Research and Education Center, localizado na cidade de Marianna – Flórida, EUA. Foi realizado em delineamento de blocos casualizados com parcelas subdivididas e quatro repetições. Os tratamentos incluíram duas épocas de plantio (Janeiro e fevereiro parcela) e sete variedades de plantas forrageiras de clima temperado (sub-parcela). Avaliou-se duas variedades de Aveia preta (Cosaque e SoilSaver) e cinco outras forrageiras tipicamente utilizadas na região (Horizon 201, Legend 567, Trical 342, FL401 e Earlyploid; n = 56). O experimento foi repetido em dois anos consecutivos, 2016 e 2017, em áreas experimentais próximas. As variáveis analisadas foram acúmulo de forragem e taxa de semeadura. O Centeio (FL 401) e a Aveia branca (Legend 567) apresentaram resultados superiores, produzindo média de 1946,13 kg de MS/ha de acúmulo de forragem e Aveia preta (SoilSaver e Cosaque) produziram média de 1363,065 kg de MS/ha nos meses de janeiro. Para os meses de fevereiro, a variedade de Aveia preta SoilSaver obteve 1889,75 kg de MS/ha, seguido dos grãos Legend 567 e FL 401, com 1671,87 e 1614,37 kg de MS/ha, respectivamente.A Aveia preta de cultivar Cosaque e o Azevém de cultivar Earlyploid apresentaram maior taxa de sobrevivência nos meses de janeiro (100 e 87,50%). Em fevereiro, os dois cultivares de Aveia preta, juntamente com o Tritical e o Azevém, apresentaram taxa de sobrevivência de 100%. De forma geral, a Aveia preta, cultivar SoilSaver, quando plantada em fevereiro, apresentou similar acúmulo de forragem e taxa de sobrevivência as forrageiras comumente usados no Norte da Flórida, nos EUA.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1019
Aparece nas coleções:TCC - Zootecnia (Sede)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_dacielesousadeabreu.pdf754,61 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.