Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/658
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorIlarráz, Eneida Soriano-
dc.contributor.authorPio-Ribeiro, Gilvan-
dc.contributor.authorLima, José Albérsio de Araújo-
dc.contributor.authorAssis Filho, Francisco Miguel de-
dc.contributor.authorAndrade, Genira Pereira de-
dc.contributor.authorPaz, Cristiane Domingos da-
dc.date.accessioned2018-08-20T17:32:19Z-
dc.date.available2018-08-20T17:32:19Z-
dc.date.issued2001-
dc.identifier.citationILARRÁZ, Eneida Soriano et al. Propriedades biológicas e intrínsecas de um isolado de "Cowpea aphid-borne mosaic vírus" obtido em Pernambuco e reação de genótipos de caupi. Cadernos Ômega, Série Agronomia, Recife, n. 12, p.46-51, 2001.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/123456789/658-
dc.description.abstractUm isolado viral obtido de caupi (Vigna unguiculata subsp. Unguiculata) em Pernambuco induziu a formação de lesões locais em Chenopodium amaranticolor e C. quinoa; lesões locais e mosaico em Cassia obtusifolia; mosaico em Macroptilium lathyroides e Nicotiana benthamiana e diferentes sintomas locais e sistêmicos em 53 dos 55 genótipos de caupi estudados. Foram observados valores entre 60 e 65°C para o ponto de inativação térmica; 2 a 3 dias para longevidade in vitro e 10 (-4) a 10 (-5) para o ponto máximo de diluição. Asphis gossypii e Toxoptera citricidus transmitiram o vírus de caupi para caupi. Não se verificou transmissão por sementes ao se analisar 1200 plantas de caupi, oriundas de sementes de plantas infectadas. Uma preparação purificada apresentou A260/A280 igual a 1,3 e permitiu estimar, por eletroforese, o peso molecular da capa protéica em 33kDa inclusões citoplasmáticas típicas do gênero Potyvirus foram observadas aos microscópios ótico e eletrônico. Partículas filamentosas e flexuosas, medindo aproximadamente 760nm foram visualizadas em preparações “leaf dip”, vírus purificado e pelo uso da imunoeletromicroscopia. O isolado viral reagiu em ELISA indireto com antissoro contra o “blackeye cowpa mosaic vírus”, atualmente considerado uma estirpe do “Bean common mosaic vírus” – BCMV-BI; mostrou-se idêntico a um potyvirus isolado de gergelim no Ceará por dupla difusão em Agar; reagiu com o conjunto de anticorpos policlonal H4 e monoclonal 5H5, específico para o “Cowpea aphid-borne mosaic vírus” e não com o conjunto H3 e 6C12 para o BCMV-BI, em teste “triple antibody sandwich” ELISA, definindo assim a identidade viral.pt_BR
dc.subjectFeijão-de-cordapt_BR
dc.subjectFeijão - Doenças e pragaspt_BR
dc.titlePropriedades biológicas e intrínsecas de um isolado de "Cowpea aphid-borne mosaic vírus" obtido em Pernambuco e reação de genótipos de caupipt_BR
Aparece nas coleções:n. 12, 2001 (Série Agronomia)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
OME_n12_2001_13.pdf410,75 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.