Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2325
Título: Avaliação de progênies C2 de coentro para germinação e vigor das sementes
Autor: Lima, Sonny Mateus Delfim da Silva
Endereco Lattes do autor: http://lattes.cnpq.br/1297066278757054
Orientador: Carvalho, Rejane Rodrigues da Costa e
Endereco Lattes do orientador : http://lattes.cnpq.br/3307316028992311
Palavras-chave: Coentro;Sementes;Sementes - Testes
Data do documento: 2019
Citação: LIMA, Sonny Mateus Delfim da Silva. Avaliação de progênies C2 de coentro para germinação e vigor das sementes. 2019. 17 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Agronomia) - Departamento de Agronomia, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2019.
Resumo: O coentro (Coriandrum sativum) é uma espécie provavelmente originada da região situada entre a parte oriental da bacia do Mediterrâneo e o Cáucaso. É uma planta herbácea, anual, com alta capacidade de adaptação. Apresenta grande valor e importância comercial, decorrente de sua utilização condimentar, largamente difundida no Brasil. Logo, à busca por técnicas que acelerem e uniformizem oprocesso de germinação, visamdesta forma, um estabelecimento rápido no campo. Isso acarreta demanda crescente de sementes de alta qualidade para o estabelecimento de uma agricultura mais produtiva e sustentável. Sendo assim, oobjetivo do projeto foiavaliar a germinação, emergência e vigor de sementes de progênies de coentro. O experimento foirealizadono Laboratório de Sementes e na casa de vegetação do Departamento de Agronomia da Universidade Federal Rural de Pernambuco –UPFPE. O delineamento experimental foiinteiramente casualizado, em que foramavaliadas 30progênies C2 de coentro, com 4 repetições. Para comparação de médias foiutilizado o teste de agrupamento de Scott-knott a 5% de probabilidade, pelo software SISVAR 5.6. Os caracteres avaliados foram: percentual de germinação (PG), índice de velocidade de germinação (IVG), percentual de emergência (PE) e índice de velocidade de emergência (IVE), comprimento da raiz primária e parte aérea e massa seca do sistema radicular e parte aérea. Com base nos resultados deste trabalho, observou-se que para o teste de germinação e emergência, as progênies 22, 42, 53 e 58 foram as que tiveram o melhor desempenho e mais promissoras para as variáveis analisadas.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2325
Aparece nas coleções:(CDIA) Trabalho de conclusão de curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tcc_eso_sonnymateusdelfimdasilvalima.pdf848,68 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.